fbpx

De acordo com um estudo recente da Universidade de Cornell, 27% dos restaurantes nos EUA falham no primeiro ano. Dessas que sobrevivem aos primeiros meses, 50% fecham nos próximos 3 anos. Aqui no Brasil, 6 em cada 10 empresas fecham nos primeiros cinco anos. 

Esses números, que já eram altos, agora estão sendo ainda mais potencializados por fatores externos, como a pandemia (lockdown, redução no número de pessoas nas ruas etc.) e o aumento da competitividade do mercado. 

Como então fazer para sobreviver ao novo cenário? O inbound marketing para restaurantes pode ser a saída certa em termos de investimentos e estratégias.

Por que usar inbound marketing para restaurantes?

Restaurantes são parte de um segmento reconhecidamente lento na adoção de novas tecnologias e estratégias. Afinal, todo mundo precisa comer e, mais do que isso, todo mundo gosta de comer. Assim, a demanda é praticamente ilimitada. 

Isso, claro, era o pensamento do setor até a crise pandêmica impactar na abertura de negócios e pôr em risco milhões de restaurantes ao redor do mundo. 

Bares, restaurantes, pubs e lanchonetes são ambientes sociais onde o espaço físico possui grande relevância para o sucesso do negócio, removido esse fator da balança, muitos negócios ficaram à mercê da sorte.

E isso traz uma reflexão fundamental sobre o marketing digital: os negócios precisam se adaptar a novas formas de tecnologia, porque os consumidores se adaptam diariamente e esse contato com eles exige novas formas de comunicação.

Então, por que o inbound marketing para restaurantes?

Outbound Marketing não funciona tão bem para restaurantes

O outbound marketing ainda é uma estratégia válida para dezenas de setores distintos, mas restaurantes não garantem resultados tão eficientes assim. 

Restaurantes são mais bem sucedidos quando encontram um nicho de mercado com consumidores leais e novos consumidores que acreditam em recomendações de amigos mais do que em campanhas de anúncio “hard sell”. 

Uma boa estratégia de marketing para restaurantes, então, foca no valor e no relacionamento antes de fazer uma venda – o princípio mais básico do inbound marketing.

Inbound Marketing é mais barato do que o Outbound Marketing

Você não precisa abandonar o outbound marketing. Manter a sua marca em vista é fundamental, mas trabalhar o relacionamento com as pessoas que interagem com seu restaurante é ainda mais importante, já que é muito mais barato vender para um cliente recorrente do que vender para um novo cliente – essa estratégia gera maior lucro a longo prazo.

Boas práticas de Inbound Marketing para restaurantes

Abaixo, separamos os principais pilares do inbound marketing para restaurantes e geramos alguns guias sobre como usar o melhor de cada um para garantir resultados sólidos e satisfatórios. 

Importante observar que toda campanha e estratégia de marketing deve ser pensada com base em indicadores de desempenho claros. Quantas reservas por noite o restaurante quer ter? Quantos pedidos online? Qual a média de engajamento nas redes sociais e pedidos por inbox? 

Tudo isso é importante de se definir para focar nos pontos-chave das estratégias.

Redes Sociais para restaurantes

O Facebook sozinho tem 130 milhões de contas brasileiras registradas em meio aos mais de 2,8 bilhões de perfis na rede, fazendo do Brasil o terceiro país com maior número de usuários na rede. 

Pensando em termos estatísticos, isso significa que 3 em cada 4 pessoas estão conectadas ao Facebook no país, e os números para o Instagram e WhatsApp, também pertencentes à empresa de Mark Zuckerberg, crescem a cada dia, se aproximando cada vez mais dessa proporção.

A melhor parte sobre redes sociais é que as opções de plataformas e estratégias são inúmeras. É possível criar campanhas orgânicas, pagas e usar diferentes redes sociais, com diferentes perfis de conteúdo, para alcançar bons resultados. 

Campanhas orgânicas incluem rifas, sorteios, competições com refeições grátis como prêmio, cartões de presente ou premiações em dinheiro.

Já as campanhas pagas podem ser mais assertivas quanto ao público selecionado através da audiência selecionada (gênero, idade, localização, estilo de vida, preferências culturais etc.)

O mais importante nas publicações orgânicas, contudo, é garantir uma publicação constante e um contato ativo com comentários, compartilhamentos e mensagens. 

Além disso, para maximizar o alcance, é recomendado apostar em vídeos. Atualmente, as melhores métricas em engajamento e resultados vêm de vídeos. Filme a preparação de pratos, crie campanhas audiovisuais, mostre o dia a dia no espaço de trabalho, colha o relato de clientes – as ideias são limitadas apenas pela sua imaginação.

Com as redes sociais, é possível ter um “termômetro” da percepção dos clientes sobre seus serviços e engajar em publicações para gerar maior vínculo com cada pessoa. Viu um elogio sobre o estabelecimento? Comente, compartilhe e, com isso, abra uma comunicação e um relacionamento mais próximo.

redes sociais para restaurantes

Dicas de redes sociais para restaurantes

Abaixo, uma pequena lista de possíveis publicações para suas redes:

  • Engaje a audiência com enquetes e perguntas – conteúdo interativo chega mais longe;
  • Poste todos os tipos de conteúdo disponíveis em cada plataforma: texto, vídeo, fotos etc.
  • Compartilhe conteúdo valioso do seu blog;
  • Compartilhe receitas e informações alimentares interessantes;
  • Compartilhe e promova publicação de usuários: isso cria um conceito maior de comunidade;
  • Desenvolva competições e sorteios.
  • Publique sempre nos horários de maior engajamento do seu público;
  • Vídeo pode chegar a ter 10x mais engajamento que fotos e textos, use isso para aumentar o alcance de publicações específicas;
  • Adicione hashtags relevantes para suas publicações. Não as use em excesso para não prejudicar o ranking da sua publicação pelo algoritmo, mas entenda quais trazem os melhores resultados.

Websites para restaurantes

O site de um restaurante precisa ser funcional e fácil de se navegar, com conteúdo de alta qualidade, por duas razões:

  1. Clientes em potencial só sabem o que você é pelo que veem online, então um site funcional, rápido e eficiente trará uma impressão similar sobre seu serviço;
  2. Sites responsivos, fáceis de navegar e com conteúdo de qualidade são importantes para rankear em SEO (falaremos disso logo abaixo).

Considerando essas informações acima, vale destacar que os sites hoje precisam ser otimizados para celulares (boa parte das buscas hoje são por dispositivos móveis). Otimização para mobile significa, mas não se limita a: botões maiores para facilitar o clique em telas menores, tempo de carregamento reduzido (imagens compactadas) e mais.

Ter o menu online no site e na maior variedade de sites possível também é importante. O que se vende é uma forma de marketing valiosa para restaurantes, então foque em boas descrições das refeições, fotos em estúdio de alta qualidade e boa legibilidade das informações para reduzir a taxa de rejeição das telas.

Para estabelecimentos que trabalham com delivery (quase todos que se adaptaram durante os momentos de lockdown, por exemplo), o site deve ser capaz de realizar pedidos, fazer pagamentos e confirmar a transação com velocidade e segurança.

Não se esqueça das informações de contato, horário de funcionamento, endereço e outros detalhes que possam ser relevantes para os clientes (alimentos sem glúten? veganos? deixe isso bem claro). 

Para gerar resultados a longo prazo, lembre de deixar uma caixa de inscrição para newsletter, mais adiante, iremos explorar os benefícios desse tipo de estratégia no inbound marketing para restaurantes.

Outra lição importante sobre websites para restaurantes envolve a qualidade do conteúdo em tela. Não adianta ter um site otimizado se ele não apresenta as informações que os potenciais clientes buscam. 

88% dos consumidores pesquisam online antes de realizarem uma compra, eles irão julgar o negócio pela qualidade do que encontrarem. Por isso, bom conteúdo é melhor que conteúdo ruim, e não ter conteúdo algum é melhor que apresentar algo de maneira ineficiente.

No caso das estratégias de inbound marketing para restaurantes, conteúdo é o que direciona os consumidores para uma compra, uma ligação ou uma reserva. Tenha isso em mente na hora de produzir qualquer coisa.

SEO para restaurantes

SEO para restaurantes

SEO significa Search Engine Optimization e, em termos rudimentares, representa a capacidade de um site de ser encontrado e ranqueado com base em fatores indicados por algoritmos internos de cada uma das plataformas de busca. 

O SEO normalmente é desenhado pensando no Google, maior plataforma de buscas do planeta, e o objetivo é ficar na primeira página, preferencialmente nas primeiras posições.

Otimizações de SEO para site são feitas através de um estudo de palavras-chave e o uso de títulos de página, links internos, palavras-chave relacionadas e meta descrições para melhorar os resultados de busca e colocar o site nas primeiras posições.

Palavras-chave para restaurantes

Pela importância desse resultado de buscas no alcance de um negócio, a pesquisa de palavras-chave deve ser feita com muita atenção. A seleção de palavras-chave corretas determina se você atrai a audiência correta ao seu site ou não.

E nem todas as palavras-chaves são iguais. Algumas são palavras transacionais, enquanto outras são palavras orientadas à pesquisa. Elas são voltadas para pontos distintos do funil de vendas e o tráfego para cada uma deve ser tratado de maneira distinta (landing pages, CTAs, pop-ups e campanhas de remarketing), já que geram resultados diversos. 

Restaurantes normalmente veem mais resultados em palavras transacionais, enquanto negócios B2B (business to business, negócio a negócio) focam mais em palavras orientadas às pesquisas.

Um exemplo de palavra transacional é “hamburguerias artesanais próximas” enquanto uma palavra orientada à pesquisa seria “o que servir em coffee break”.

Para bares, restaurantes e lanchonetes que vendem para o cliente final, estar presente nos primeiros resultados para “[NEGÓCIO] próximo” ou “onde comprar [ALIMENTO]” traz resultados muito benéficos.

SEO Local para restaurantes

Existe um fator de rankeamento no Google muito importante para negócios com presença no mundo físico: o resultado de buscas por região. 

Basta pensar o seguinte, ao pesquisar “restaurantes italianos” não faz sentido o Google exibir para você uma lista de estabelecimentos em Roma se o que você está buscando provavelmente é uma lista de restaurantes de comida italiana na sua cidade e região. 

Isso porque o Google é capaz de reconhecer comportamentos de busca e entender qual a prioridade no surgimento de resultados de acordo com o perfil de cada usuário. 

Assim, neste caso, a plataforma exibirá restaurantes em Roma apenas caso o nome da cidade fosse incluído nas palavras ou a pessoa estivesse, de fato, na cidade italiana.

Para garantir que os moradores da sua cidade e viajantes sejam capazes de identificar e encontrar o seu negócio na região, é possível utilizar algumas práticas de SEO, como:

  • Criar um blog no seu site com conteúdo relevante;
  • Garantir que cada página do site use palavras-chave locais e outras formas de SEO (metadados nas fotos, vídeos, headers etc.)
  • Usar links internos para outras páginas do site e links externos para sites afiliados, fontes de informação etc.

Além disso, garanta que suas informações de contato e endereço estejam listados em diferentes pontos do site e sejam fáceis de encontrar.

Outro fator importante é considerar as necessidades da audiência ao escrever o conteúdo, e não apenas das ferramentas de busca e algoritmos. Conteúdo ainda é a lei suprema e, por isso, deve ser valioso para quem lê.

Testimoniais e avaliações no site também ajudam enormemente na tomada de decisão, já que focam no gatilho de prova social – um dos mais fortes para restaurantes.

Google My Business para restaurantes

Quando alguém pesquisa “restaurantes” no Google, ele automaticamente sugere “próximos” na busca. Ao clicar nessa opção, a pessoa é imediatamente encaminhada para um mapa que mostra 3 restaurantes próximos. Isso é conhecido como Google Local 3-Pack, e estar nessa posição é muito vantajoso para os negócios.

O primeiro passo para lutar por essa vaga é garantir que a conta tenha sido verificada no Google My Business (GMB). Para isso, basta seguir os passos recomendados pelo próprio Google.

Depois, vem a otimização.

Otimização do Google My Business

É necessário otimizar o perfil no GMB para que o Google realmente entenda o perfil do negócio e mostre isso para potenciais clientes. Na parte de “Info” é possível adicionar informações diversas. Em “Sobre o negócio” os proprietários da conta podem editar os atributos.

É fundamental que as características principais do negócio estejam listadas, isso vai potencializar a aparição no Maps, na busca e em outros serviços do Google, além de aumentar as chances de aparecer no Local 3-Pack.

Use o Geofencing

Geofencing é a estratégia de limitação geográfica através do uso de GPS para enviar mensagens e disparar ofertas para pessoas dentro daquela área (o posicionamento é reconhecido através dos dispositivos móveis).

Restaurantes podem focar em bairros, shoppings, hotéis, estádios, endereços específicos, etc. Essas estratégias normalmente focam em clientes casuais que estão fazendo compras ou indo para um evento próximo (uma convenção, um show, uma peça de teatro). 

Ao usar o Geofencing de maneira estratégica, alguns anúncios para dispositivos móveis conseguem o dobro da taxa de cliques (CTR).

Alguns negócios até mesmo usam o Geofencing para “roubar” clientes de concorrentes (ex.: ao entrar no raio geográfico de um determinado competidor, um anúncio de condição exclusiva aparece para a pessoa.)

E-mail Marketing para restaurantes

email marketing para restaurantes

O e-mail marketing é a melhor estratégia de inbound marketing para restaurantes. Uma das principais razões é que o Retorno Sobre Investimento (ROI) é o dobro de qualquer outro canal de marketing disponível.

E por que isso? Abaixo, exploraremos as principais dicas de produção de campanhas de e-mails e as razões para sua alta taxa de conversão. Agora, se você procura dicas de iscas para atrair leads, nós temos um artigo só sobre esse assunto em nosso blog.

Princípio do e-mail marketing para restaurantes

No começo da internet, quando tudo ainda era uma novidade, e-mails geravam altíssimas taxas de conversão, de clique e de abertura. 

Hoje, depois de anos de spam, vírus, mensagens indesejadas e um aumento no número de envio de mensagens por pessoas e empresas, os usuários da internet começaram a resistir aos e-mails em larga escala. 

Isso não quer dizer que o uso de e-mail marketing seja um erro. Pelo contrário, significa que, se uma pessoa te passa o contato, ela realmente tem interesse em receber notícias suas – para garantir essa confiança, contudo, é necessário investir em conteúdo único e oportunidades limitadas. 

Restaurantes encorajam novas compras através de promoções, descontos, cupons, novidades exclusivas pelo canal de comunicação, surpresas semanais, programas de fidelização e muito mais. 

Uma maneira de captar esses usuários e potenciais clientes é ao fornecer ofertas especiais disponíveis apenas por e-mail. Cupom de 50% de desconto em pedidos às terças-feiras? Apenas para os assinantes da newsletter. 

Essa não é e nem deve ser a única estratégia adotada. Existem dezenas de estratégias distintas para usar no e-mail marketing do seu restaurante, incluindo:

  • Eventos especiais: Seu restaurante celebra alguma data de um jeito especial? Avise os consumidores sobre isso por e-mail;
  • Produtos em destaque: Qual a refeição que mais sai da sua cozinha? Relembre aos seus consumidores quais são os destaques do menu e desperte o interesse de retorno neles.
  • Prêmios e descontos: Como dito anteriormente, a maneira mais fácil de garantir a fidelização é oferecer algo em troca. Dê motivos para que as pessoas retornem ao estabelecimento através de descontos e recompensas imperdíveis. 
  • Artigos de blog: Conteúdos em blog são uma forma de esticar a comunicação para além das mensagens curtas do seu e-mail. Compartilhe receitas e lições, gere confiança e melhore o relacionamento com os consumidores ao prover valor além do seu serviço em si.
  • Atualizações e notícias: Sua cozinha vai passar por reformas? Tem um novo cozinheiro trabalhando? Conte para seus consumidores sobre os principais destaques e acontecimentos, essa é uma das melhores formas de trazê-los para perto da rotina do restaurante e gerar identificação.

Como produzir bons e-mails marketings para restaurantes

Aqui, iremos explorar algumas dicas práticas de redação e disparo de e-mails para campanhas de inbound marketing para restaurantes. Confira:

Tenha um título realmente atrativo

Ninguém vai abrir seu e-mail se não souber do que se trata e qual o valor da mensagem logo de cara. Por isso, ao criar o e-mail, dedique-se às chamadas com o mesmo vigor do conteúdo interno.

Os assuntos devem ser concisos (até 70 caracteres) e persuasivos, atacando alguma necessidade ou gatilho mental específico. Veja exemplos:

  • Tem planos para o jantar? Gostaria de um? 🍽
  • Oferta de almoço imperdível – 50% de desconto com este cupom! 💲
  • Nosso novo menu vai te deixar com água na boca, confira! 🤤
Personalização é a chave

A sua lista de e-mails também pede um nome? Trate de usar essa informação nas mensagens. Ao segmentar a sua lista de consumidores pelas preferências, canais por onde entraram e outros detalhes pessoais, você pode criar campanhas ainda mais assertivas.

Quanto mais específica a mensagem, maiores as chances de identificação e conversão.

Imagens convertem mais

Uma imagem vale mais que mil palavras. Em um e-mail marketing, que deve ser conciso e direto, as fotos são a melhor maneira de exibir sobre o que está falando. Novo prato no menu? Foto. Reforma na cozinha? Foto. Cupom de desconto? Foto ou QRCode. Evento? Foto. Decidiu só relembrar o menu? Foto ou um PDF para a pessoa acessar quando quiser. 

Sempre dê as boas-vindas

8 em cada 10 consumidores esperam uma mensagem de boas-vindas quando se inscrevem em uma lista de e-mails. A primeira interação com o negócio é fundamental para que o consumidor determine se fica ou sai do cadastro. 

Por isso, não perca essa oportunidade e transforme-a em mais uma chance de conversão e venda. Ofereça um desconto especial, uma promoção exclusiva etc. O importante é que dê algo que eles realmente queiram.

Monitore as campanhas para melhores resultados

Não dispare campanhas de e-mail sem acompanhar o desempenho e os resultados alcançados. Existem algumas métricas que podem informar a qualidade das estratégias e do conteúdo, como:

  • Taxa de abertura;
  • Taxa de spam;
  • Taxa de cliques;
  • Taxa de desinscrição;
  • Taxas de engajamento;
  • Bounce rates (quando a pessoa abre e fecha imediatamente o e-mail, ou quando o e-mail não chega na caixa de entrada).

Uma maneira de testar novas estratégias é através dos testes A/B.

Não bombardeie seus consumidores com e-mails

Não há necessidade de envios diários de newsletters e promoções por e-mail. Se você trabalha com um modelo de negócio que altera diariamente o menu, o ideal é criar uma lista de cadastro separada para as pessoas que realmente querem saber sobre esse produto em específico. Mas, no geral, atenha-se a campanhas constantes e comedidas. 

Caso comece a enviar muitas mensagens, os consumidores irão se desinscrever sem pensar duas vezes. Por isso, compartilhe apenas o que é realmente necessário.

Abaixo, mais dicas sobre disparos:

  • E-mails nos finais de semana têm a maior taxa de abertura. E-mails às terças-feiras têm as maiores taxas de desinscrição;
  • Envie mais de um e-mail por mês, mas não envie um e-mail por dia. A cadência deve ser determinada pelos resultados;
  • Reduza o tamanho, aumente a frequência. Seu e-mail leva 5 minutos para ser lido? Divida a mensagem em partes e dispare-a ao longo de um maior período de tempo. As pessoas não têm tempo para gastar com e-mails longos;
  • Mande os e-mails cedo. As taxas de clique são mais altas pela manhã, de desinscrição também, mas esse é um equilíbrio a ser pesado.
Use dados para ter ideias

As pessoas estão clicando muito no botão de menu do seu site? Usando a barra de busca para pesquisar por algum produto específico regularmente? As mensagens nas suas redes sociais são sempre sobre um mesmo sanduíche de peito de peru, manjericão e requeijão fora do cardápio há meses? Use os dados disponíveis para planejar suas mensagens e pensar nas próximas pautas.

Inclua sua informação de contato de maneira clara

E-mail marketing é uma forma de conversão muito útil, mas alguns grupos e demográficos ainda preferem ligar e confirmar determinadas coisas. Por isso, invista em um layout de e-mail em que o telefone, o endereço e o e-mail de resposta estejam destacados. 

Inclua a sua logo para reforçar a ideia da marca e não se esqueça dos horários de funcionamento.

Dicas extras de Inbound Marketing para restaurantes

Até aqui, trabalhamos as principais dicas de campanhas de inbound marketing para restaurantes, com os principais veículos e estratégias usados. Por isso, neste segmento, iremos focar em algumas ideias extras que podem ser muito benéficas para destacar o seu restaurante dos concorrentes. Confira:

Use as avaliações online a seu favor

avaliação de restaurante

Um dos gatilhos mentais mais importantes para restaurantes é a prova social. 

A maioria das pessoas precisa de uma confirmação pública para comprar um produto ou contratar um serviço, mas no caso da indústria alimentícia, em especial os bares e restaurantes, esse fator pesa ainda mais. Ninguém quer arriscar comer em um lugar ruim. 

Por isso, encorajar os consumidores satisfeitos a deixar avaliações positivas sobre seu negócio no Google e nas outras plataformas de avaliação é uma maneira poderosa de construir a imagem da sua marca. 

Contudo, lembre-se que nas relações entre consumidores e marcas, as pessoas não irão atuar facilmente sem receber algo em troca. Dê um desconto ou brinde para quem falar bem da sua empresa. E nada de promessas, ninguém vai agir pensando em uma possibilidade, é necessário oferecer algo concreto.

Além disso, a maioria dos sites de listas de serviços atuam como propaganda gratuita sobre seu estabelecimento. 

Use-os para corrigir informações incorretas, adicionar mais links e, caso os resultados sejam benéficos, pense em campanhas em conjunto para recompensar os canais que mais trazem vendas.

Consumidores também apreciam restaurantes que respondem imediatamente, então responda às críticas e dúvidas em tempo hábil e esteja sempre de prontidão para contornar crises na imagem.

Conecte-se com outros negócios locais

Sua lanchonete de comida fit fica ao lado de uma loja de bicicletas? Que tal pensar em uma estratégia conjunta? Só não cometa o erro de se conectar com outro restaurante. É fundamental que as empresas sejam de segmentos e produtos distintos (ainda que relacionados de alguma forma, seja geograficamente ou tematicamente).

Por exemplo, um hotel próximo pode estar indicando consumidores para um concorrente mais distante que você. Entre em contato e pense em uma campanha conjunta – um desconto para os consumidores e uma compensação para o hotel (café da manhã para os funcionários, coffee break com desconto etc.)

Se há uma grande empresa próxima, é possível criar uma parceria e dar descontos constantes para os funcionários no local. Assim, você cria de maneira benéfica uma relação com a comunidade e com um negócio.

Releases e blogs

Releases para a imprensa podem ser uma forma eficiente de marketing digital. O segredo é desenvolver o conteúdo de maneira que soe “noticiável”, seja para anunciar um novo menu, troca de funcionários, itens exclusivos ou um marco da empresa. 

Outra maneira de se conectar com veículos de imprensa é produzir para eles informações relacionadas à culinária, vinhos, cerveja, licores, informações nutricionais, dietas e mais.

Crie um programa de fidelidade automatizado

Programas de fidelidade já passaram por vários estágios, seja no mundo offline ou digital. Quem nunca carregou pelo menos 3 cartões fidelidade de diferentes estabelecimentos? Hoje, a tecnologia permite que os programas de fidelidade sejam digitais e automatizados. Assim, os consumidores não correm o risco de perder os pontos acumulados nem podem fraudar de alguma forma o benefício.

A internet está repleta de ferramentas que podem ajudar nisso, basta entender se essa é a melhor maneira de fidelizar os clientes no seu restaurante.

Use anúncios estratégicos

Restaurantes são serviços com limitação geográfica, então é importante que suas campanhas sejam voltadas para um demográfico específico. Por isso, anúncios online são uma forma eficiente de chegar aos consumidores desejados. 

Você pode usar o Google Ads ou Facebook Ads para focar em bairros específicos, idades específicas e gostos específicos. Outro ponto útil das ferramentas é a capacidade de agendar os anúncios para aparecerem apenas em momentos importantes de decisão de compra, como antes do café da manhã, antes do almoço e antes do jantar, com campanhas que reflitam essas rotinas específicas.

Anúncios são uma área complexa e profunda, mas tenha em mente que rastrear a quantidade de dinheiro gasto diariamente, focar na personalização do público-alvo e estabelecer métricas de desempenho são fatores fundamentais para o sucesso das campanhas pagas.

Use o marketing de influência

Se você precisa aumentar o número de seguidores ou quer chegar a um novo público, o marketing de influência pode ser uma saída. Graças às redes sociais, hoje é muito fácil usar personalidades com grandes audiências e público fiel para gerar credibilidade e alguns resultados.

O marketing de influência sozinho não irá resolver os problemas estratégicos do seu restaurante, mas quando adotado no momento certo pode alavancar resultados positivos.

Trabalhe com links rastreados, parcerias de vendas e outras estratégias para dar aos influenciadores um motivo para divulgar seu menu e seus produtos.

inbound marketing para restaurantes

Benefícios do Inbound Marketing para negócios

Não adianta falarmos sobre estratégia se não falarmos sobre resultados e benefícios para os negócios. Abaixo, listamos alguns dos principais retornos do inbound marketing para restaurantes.

Deixa que seus consumidores te encontrem

Não gaste mais tempo tentando convencer as pessoas a irem ao seu estabelecimento. No lugar disso, crie uma comunicação sólida que as incentiva indiretamente a isso, maximizando os resultados.

Atrai novos consumidores em potencial

As redes sociais são capazes de ajudar a entender o perfil do consumidor ideal. Ao ouvir e absorver o feedback, é possível adaptar o serviço e os produtos para melhor atender aos clientes. Dê ao público certo a refeição certa.

Constrói uma relação com os consumidores

O inbound marketing preza pela relação com o cliente. Use isso para construir um vínculo com seus consumidores e desenvolver uma relação sadia entre as experiências no seu estabelecimento ou com seu menu. As estratégias listadas na primeira parte deste artigo são úteis neste ponto.

Tem um Retorno Sobre Investimento melhor

É mais barato vender para um consumidor antigo do que atrair um novo. Além disso, campanhas de inbound marketing trazem resultados com melhor custo por clique e conversão que as campanhas de outbound marketing. O dinheiro investido traz mais resultado, com menor gasto e otimiza o tempo e os canais usados.

Aumenta as relações positivas com a marca fora do estabelecimento

Promoção boca a boca ainda traz bons resultados para restaurantes, mas com o inbound marketing você não precisa esperar seu consumidor voltar para levar valor a ele.

Manter o contato fora do período em que o cliente é atendido mostra comprometimento e traz a sensação de valorização da pessoa pelo estabelecimento.  

E as relações positivas não precisam se limitar a promoções, descontos e ofertas. Que tal compartilhar uma receita do restaurante com os clientes? Longe de ser uma maneira de perder visitas ao local, é uma forma de criar um laço ao oferecer algo que eles, muito provavelmente, não encontrariam em outro lugar (e que podem querer sem ter coragem de perguntar).

O branding é parte do inbound marketing e, se quer saber mais sobre como fazê-lo da forma correta, temos o artigo de blog ideal para você – saiba mais clicando aqui.

Estabelece autoridade de marca

O segmento de restaurantes, bares e lanchonetes é altamente competitivo. Destacar-se nesse setor exige comprometimento e boas estratégias, uma maneira de conseguir isso é com o inbound marketing. 

Os restaurantes podem trabalhar para a divulgação de determinadas campanhas de educação sobre alimentação, apreciação de queijos, vinhos, falar sobre fornecimento de ingredientes etc.

Também é útil falar sobre a equipe do estabelecimento. Quem são as pessoas por trás do alimento produzido? Dê um rosto e um nome aos profissionais.

Colha análises, declarações e peça para gravar momentos marcantes no seu estabelecimento. Um pedido de casamento? Uma festa de aniversário? Registre essas situações com a autorização dos envolvidos e reforce a imagem da marca como um ambiente de memórias mais do que de outro serviço apenas.

Cada vez mais as pessoas buscam identificação e relacionamento com as marcas. Saiba personalizar a sua para fidelizar clientes.

Gostou das dicas e quer saber mais sobre inbound marketing e outras estratégias de marketing digital? Acesse este blog com 7 dicas infalíveis de marketing digital para restaurantes.