fbpx

Um bom plano de marketing digital afeta diretamente os resultados possíveis da sua empresa. Sem um planejamento eficiente, você não consegue captar bons leads em volume adequado, não avança esses mesmos leads no funil e, portanto, não gera oportunidades e vendas.

Indo mais além, quando você desenvolve um plano de marketing digital ineficiente, pode acabar prejudicando a sua empresa financeiramente, além de afetar a sua marca. 

Basta pensar no dinheiro gasto em anúncios que não converteram e na criação de uma presença online (em especial redes sociais) não correspondente à visão e valores da empresa.

Então, quando você inicia suas ações de marketing digital, a primeira coisa que deve ter em mente é: qual o meu objetivo? Para onde eu quero ir? Fazer redes sociais para uma marca é muito diferente de como usamos para entretenimento pessoal. 

É preciso criatividade e, mais do que isso, dedicar-se à novidade e às estratégias para que o universo digital realmente agregue valor à marca. 

Por isso, logo no início, é muito importante elaborar o plano de marketing digital. Você sabe o que isso na prática? Veja abaixo um resumo sobre o tema.

O que é um plano de marketing digital?

O plano de marketing digital é um guia das ações da empresa e seu posicionamento no ambiente online. 

A partir dele é possível identificar pontos fortes e fracos da marca, seus diferenciais, e sobretudo, seus objetivos. Afinal, é a partir dos objetivos da marca que são traçadas estratégias, metas e métricas para chegar lá. 

Para isso, o documento reúne dados e informações organizados estrategicamente para nortear a equipe e criar parâmetros avaliando o desempenho do negócio.

Esse plano, para ser bem estruturado, envolve muito estudo de mercado e da própria empresa. Mas, vale lembrar que o planejamento não pode ser engessado. 

Tudo muda a todo momento, então é preciso ter em mente que recalcular a rota muitas vezes é necessário para manter a empresa competitiva. Isso vale para os serviços e produtos, abordagens e atendimento e, sobretudo, para o marketing digital.

Qual a importância do plano?

O plano de marketing digital é uma fonte de conhecimento sobre a sua empresa, sobre o mercado e sobre o próprio posicionamento em relação à competitividade do segmento.

Além disso, esse documento estratégico tem a importante função de identificar seu público-alvo e, a partir dele, delinear a persona ou as personas da empresa. 

Assim, a criação de conteúdo fica muito mais personalizada, estratégica e assertiva, quando os profissionais envolvidos sabem exatamente para quem estão falando.

E indo além: o plano de marketing permite que profissionais recém-contratados estejam na mesma página do resto da equipe e entendam exatamente o que devem fazer, como devem fazer e quando devem fazer. 

Com isso, você gasta menos tempo com treinamentos e reuniões desnecessárias, reduz a quantidade de erros e ainda integra melhor a equipe como um todo.

Primeiros passos para um plano de marketing digital

Confira agora quais são as primeiras ações para criar um bom plano de marketing digital para sua empresa:

1- Pesquisas

A primeira coisa a ser feita são as pesquisas. A Análise SWOT, ou em bom português, FOFA: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, vai te ajudar com isso. 

A partir desse recurso de planejamento estratégico, você terá uma visão interna e também de concorrência de mercado.

Outro aspecto importante é entender qual seu mercado potencial, quais são seus atuais clientes, como está o fluxo de caixa, seu ROI atual, seu CAC atual, o LTV e muito mais. 

Foram muitas siglas? Resumimos abaixo cada uma delas:

  • ROI: Retorno sobre o investimento. Quanto está voltando para sua empresa para cada real investido;
  • CAC: Custo de Aquisição de Clientes. Quanto custa, na prática, transformar uma pessoa na internet em um cliente da sua marca.
  • LTV: Custo de tempo de vida útil do cliente. Quanto tempo esse cliente fica com a sua empresa e quanto ele gasta por ano. 
plano de marketing digital para empresas pequenas

Reúna a equipe responsável pelo marketing na sua empresa e comece a estabelecer metas e métricas realistas para suas ações

2- Conheça seus clientes

Agora é a hora de conhecer seus potenciais clientes, então, faça um estudo de público-alvo. O melhor a ser feito aqui também é uma pesquisa com participação das pessoas para deixar o seu plano de comunicação realmente incrível. 

Além de saber as dores, necessidades e desejos do seu público, atente-se para entender a sua jornada de compra. 

Depois disso, crie a sua persona, que é o cliente ideal fictício do seu negócio. Assim, a criação do seu conteúdo poderá ser bem mais específica e estratégica.

Mas, vale lembrar novamente que tudo está em constante mudança, inclusive os gostos e necessidades dos potenciais consumidores. 

Então, revisite suas definições de público-alvo e persona sempre que necessário para melhorá-las e, consequentemente, trabalhar de forma mais assertiva no seu marketing.

Nessa etapa, a pesquisa de público-alvo pode ser feita com seu Google Analytics e com as métricas do seu Facebook Analytics para entender melhor qual é seu público atual e com quem você está se comunicando.

No caso da persona, o certo é fazer entrevistas com clientes reais próximos do seu cliente ideal para entender qual o perfil dessa persona. Não faça perguntas diretas para extrair quais são as dores, objeções de compra e benefícios percebidos na sua marca.

Para saber o que um cliente acha da sua marca, o ideal é fazer perguntas que contornem o tema, dando espaço para o entrevistado falar o que acha da maneira que convier.  

3- Vá para a Internet

É importante também conhecer o ambiente no qual está inserido ou pretende se inserir. Veja como a concorrência se posiciona online e como é a interação do seu público-alvo. 

Além disso, avalie quais plataformas podem ser interessantes para você consolidar a sua marca no ambiente digital.

Se a sua empresa vende para o mercado B2B (business to business), ou seja, vende para outras empresas, o Linkedin é a plataforma certa. Agora, se você tem uma marca de cosméticos voltada para jovens universitárias, o Instagram e o Tik Tok serão seus próximos investimentos em mídia. 

Entender a linguagem e a comunicação de cada rede também é fundamental para não cometer gafes e prejudicar sua marca. Tentar entrar em um meio sem compreender o público no local pode gerar problemas quase irremediáveis. 

Por outro lado, quem sabe explorar as redes sociais da maneira correta tira bons resultados de aplicativos como WhatsApp e Telegram, que podem ser usados para estratégias de marketing de comunidade

4- Defina suas estratégias

Depois de analisar, avaliar, pesquisar e delinear, é a hora de definir, em termos práticos, a sua estratégia de marketing digital. São muitas opções nesse ramo que você pode escolher e, até mesmo, mesclar mais de uma. Aqui, daremos exemplos de duas estratégias básicas:

  1. Para quem quer leads e resultados a longo prazo e tem clientes com uma jornada de compras complexa, o ideal é trabalhar com um funil mais longo. Foque na construção de landing pages, fluxos de e-mail e na geração de conteúdo de valor para firmar o relacionamento e ganhar a confiança dos leads;
  2. Para quem quer leads e resultados a curto e médio prazo, campanhas de mídia paga com foco em fundo de funil (Google Ads, por exemplo), podem ser extremamente eficientes. Essa é uma forma de garantir que a sua empresa, mesmo nos primeiros meses de execução do plano de marketing digital, já consiga ter algum retorno.

Esses exemplos acima não são absolutos, é claro. Cada empresa terá suas especificidades e necessidades, de forma que a maneira como as estratégias são montadas depende muito dos passos anteriores de planejamento e estudo. 

Para você se inspirar nas possíveis estratégias de marketing, veja aqui os principais tipos com cases de sucesso. Escolhidas suas estratégias e redes sociais que vai atuar, é hora de fazer o cronograma e começar a produzir conteúdo!

#Extra

Depois de pegar o ritmo de produção é necessário avaliar os resultados das suas ações. Essa avaliação pode ser mensal ou, até mesmo, semanal, dependendo da sua estratégia. Mas, lembre-se, o plano de marketing digital é um guia, mas fazer comunicação não é como uma receita de bolo. 

Então, é imprescindível acompanhar e testar o que realmente funciona para falar com o seu público. Além disso, seja criativo, autêntico e busque novidades sempre, assim vai se destacar no seu mercado de atuação.

Exemplo de um plano de marketing digital

Para fechar este artigo com chave de ouro, vamos dar um exemplo de um plano de marketing digital na prática com uma empresa fictícia. 

Imagine que você lida com uma empresa responsável por instalação de móveis planejados, mas o movimento está ruim e precisa alcançar mais público. 

Na primeira etapa do planejamento, descobre que seu CAC é de 100 reais por cliente, e seu ROI é 9 (o ROI é calculado com Valor Retornado – Valor Investido / Valor Investido, ou seja 1000-100/100 neste caso). Com essas duas informações, também descobre que seu LTV é baixo, já que os clientes não voltam depois de instalar os primeiros móveis. 

Depois, no seu estudo de clientes através de levantamento de contratos passados, você descobre que a maior parte do público-alvo é de universitários mudando para apartamentos na sua cidade no começo dos cursos. E que esses universitários vêm de famílias de classe média-alta com longos contratos para os apartamentos. 

Por fim, você vai para a internet e percebe que a sua Persona principal consome muitas dicas de decoração e perfis de arquitetos, mas a principal dor e objeção de compra é no valor dos móveis planejados.

Assim, você já tem todas as informações necessárias para começar o seu planejamento estratégico.

Para começar: um site com blog, investimento no Instagram, YouTube e Tik Tok e mídia paga.

Plano de marketing para blog

Junto com o site da sua empresa, contendo os móveis planejados, página de orçamentos etc., irá adicionar um blog e irá focar nas palavras-chaves mais buscadas para o segmento. Com isso, irá desenvolver artigos capazes de atrair a atenção dos potenciais clientes.

Provavelmente, os artigos no caso do nosso exemplo seriam direcionados para dicas de decoração, como escolher os móveis certos e informações similares. 

Plano de marketing para Instagram

No caso do Instagram, o foco pode ser na exibição do mostruário de móveis planejados já montados, projetos em 3D e até mesmo exemplos enviados pelos clientes meses após a instalação com suas decorações pessoais. 

Você pode tirar dúvidas dos seguidores, divulgar informações relevantes e muito mais. Também há a possibilidade de desenvolver parcerias com influenciadores da área de arquitetura e engenharia para gerar maior reconhecimento de marca. 

Plano de marketing no YouTube

O YouTube pode seguir uma abordagem muito similar à do Instagram, com a diferença de que os mostruários de móveis em vídeo podem ser feitos para mostrar a montagem ou produção de algumas peças. As parcerias com influenciadores também funcionam muito bem aqui.

Plano de marketing para o Tik Tok

Em termos de marketing, o Tik Tok ainda é uma rede muito nova, mas já possui grande capilaridade entre os mais jovens. Por isso, com um público de universitários que pode estar na rede, o ideal é entender quais são os perfis mais consumidos pela sua persona e chegar até essas pessoas. 

No Tik Tok, muitos perfis voltados para educação também usam o espaço para uma espécie de Perguntas e Respostas, em que usam os comentários no local para focar em temas mais específicos. 

Plano de mídia paga

Por fim, além das estratégias de branding (Instagram, YouTube e Tik Tok), de SEO (site e blog), você também vai precisar de uma estratégia de mídia paga, em especial no Google, para garantir que os usuários achem a sua empresa quando procurarem por “móveis planejados na cidade X”. 

Um bom anúncio pode trazer inúmeras oportunidades, reduzir seu CAC, aumentar seu ROI e expandir as possibilidades para seu negócio.

Gostou das dicas? Quer ver um plano de marketing digital em prática? Fale com a nossa equipe e saiba como a E-Dialog pode ajudar sua empresa a alcançar resultados cada vez mais impressionantes.

Quer se aprofundar em Marketing