fbpx

Esse é um assunto que está completamente em alta! O marketing digital não é mais o futuro, é o presente, e toda empresa que queira aumentar seu alcance e se posicionar estrategicamente, precisa pensar em investir nessa área.

Mas disso você certamente já sabe! Então deixa eu te continuar a novidade: é possível aplicar o Seis Sigma, uma metodologia de melhoria contínua, para tornar seus resultados de marketing cada vez melhores.

Você duvida? Continue lendo esse artigo e tudo ficará claro.

O que é o Seis Sigma?

O Seis Sigma é uma metodologia de melhoria contínua que prega a redução da variabilidade de processos, diminuição de erros e resultados obtidos através da utilização do método DMAIC.

Essa metodologia tem como princípio trabalhar com dados estatísticos que permitam uma boa observação e análise do processo. Porém, essa filosofia é tão ampla que pode ser utilizada em diversas áreas para melhorar resultados, e não só em processos industriais.

Então vamos ao que interessa.

Pilares do Seis Sigma

1 – Definir o problema é o ponto de partida

A etapa de Definição é a primeira do Método DMAIC, e provavelmente a mais importante! Definir da maneira correta seu problema deixa claro onde você precisa melhorar. Como assim?

Seu problema é a taxa de rejeição do seu site? Visibilidade da empresa? Seu número de curtidas nas redes sociais está baixo? Quando você identifica o problema, fica muito mais fácil resolvê-lo.

Exatamente por isso o Seis Sigma ataca a causa raiz do problema utilizando inúmeras ferramentas, como por exemplo o Diagrama de Ishikawa.

2 – Uma boa base de dados para medição

Essa é uma premissa da metodologia Seis Sigma que você deve utilizar no marketing digital da sua empresa. Se você não tiver uma boa base de dados, se os dados não forem confiáveis, toda sua campanha não terá um rumo certo.

Saiba utilizar fontes confiáveis, como o Google Search Console, Google Analytics e outras ferramentas como o Semrush, que possuem uma ótima base de dados.

Tudo isso é visto na etapa de Definição do Método DMAIC, sobre o qual o Seis Sigma se apóia durante sua aplicação.

Após confirmar a confiabilidade dos dados utilizados, entramos na segunda etapa do método DMAIC, que é a Medição. Nesse ponto, você deve pegar os dados e entender o que os números significam.

Seus números são curtidas? Compartilhamentos? Taxa de rejeição do seu site? É preciso entender o significado de cada número, pois fora isso, serão apenas números isolados.

O profissional Seis Sigma sabe tirar o máximo de conhecimento dos números que possui na mão, pois tem grande habilidade com ferramentas estatísticas, tendo facilidade de elaborar planilhas e gráficos que facilitem a visualização do processo como um todo.

3 – Uma boa análise de dados é fundamental

A etapa de Análise muitas vezes é confundida com a etapa de Medição, mas elas têm funções distintas. Aqui a ideia principal é compreender o que os números lhe dizem, o que eles transmitem qualitativamente e não apenas quantitativamente.

Vamos entender por meio de um exemplo. Na etapa de Medição você identificou que seus posts possuem um baixo número de curtidas nas redes sociais. Agora é o momento de você analisar por que esse número está baixo.

Será que seus títulos são atrativos? A chamada para o artigo está convincente? Seu público tem sido estimulado a engajar com as postagens?

Entender essas respostas é fundamental, e para isso você pode aplicar uma ferramenta simples e extremamente eficiente, que é o 5W2H.

Empresário analisando o cliclo do Seis Sigma relacionado ao marketing digital

4 – É hora de melhorar

Até esse momento você dedicou o máximo de esforço para entender a situação, os dados, os números, tudo com um único propósito: elaborar o melhor projeto de melhoria!

Após toda Medição e Análise, é hora da etapa de Melhoria (do inglês Improve). Com os objetivos estabelecidos de maneira clara, é possível traçar planos de melhoria em cima de cada um dos problemas.

E quais ferramentas podem te ajudar nesse momento? Várias! Você pode usar o 5W2H como já falamos para elaborar um bom plano de ação, pode aplicar o programa 5S para aumentar a produtividade e melhorar a organização da sua equipe, dentre outras ferramentas que essa metodologia utiliza para melhorar seus processos.

E isso não é tudo…

5 – Mantenha suas melhorias!

De nada adianta obter ótimos resultados com os planos de ação elaborados se eles forem momentâneos. Exatamente por isso a última etapa do método DMAIC é exclusiva para o Controle de resultados.

Ou seja, ao melhorar, você precisa elaborar um procedimento operacional padrão para que seus resultados se mantenham. Se postar 3 vezes ao dia em horários diferentes deu certo, mantenha essa estratégia.

Se colocar popup de saída de página passou a gerar leads, estabeleça isso como uma atividade padrão para ser feita após a criação de um artigo.

Outra ferramenta ótima para monitorar resultados é a carta de controle, na qual você consegue identificar se houve alguma anomalia nos resultados, permitindo uma rápida ação corretiva caso venha a acontecer algum problema ou alguma métrica esteja fora do esperado.

A melhoria não pode parar

A chave da metodologia Seis Sigma é a melhoria contínua. Portanto, se você trabalha com marketing e quer se diferenciar, vale a pena estudar sobre essa metodologia. Afinal, se ela tem sido aplicada nas maiores empresas do mercado, com certeza é uma boa pedida, certo?

A metodologia Seis Sigma e o growth hacking

A metodologia do Seis Sigma pode ser aplicada dentro das estratégias de marketing digital e cabe bem dentro do pensamento de growth hacking e melhorias contínuas.

Caso não saiba ou não se lembre bem, o growth hacking é o nome dado às estratégias de crescimento escalável para estratégias digitais com foco em melhorias contínuas, implementação de testes e estudo de resultados, normalmente sendo realizado com testes A/B.

Dentro desse pensamento, fica fácil perceber como essas duas metodologias se complementam e auxiliam os times de marketing dentro das empresas. 

Afinal, o digital deve ser orientado por dados – e o acompanhamento de métricas atende aos interesses de crescimento das empresas.

Exemplo da metodologia Seis Sigma aplicada no marketing digital

Para melhor exemplificar como o Seis Sigma pode ajudar os profissionais de marketing e empresas querendo melhorar seus processos internos e estratégias, iremos dar um exemplo claro a seguir. Vamos lá.

Definição de problema

Você começa definindo qual o problema da sua empresa. Vamos imaginar que, no caso, seja a geração de oportunidades para seu time comercial. 

Por que isso importa? Para o time de marketing, o investimento realizado nas estratégias precisa se pagar. 

Quando você realiza o acompanhamento das campanhas e percebe que o Custo de Aquisição de Clientes (CAC para venda recorrente ou CPA para vendas únicas) está muito alto, é necessário repensar as estratégias realizadas.

Seleção da base de dados

Para avaliar a geração de oportunidades e acompanhar essa métrica, você seleciona sua plataforma de gerenciamento de marketing (como RD Station Marketing ou Hubspot Marketing) além de uma ferramenta de CRM e usa os dados prévios coletados nos últimos meses para gerar uma média.

Sua geração de oportunidades mensais fica por volta de 80 leads por mês? Quer chegar a 100? É nesse espaço que poderá acompanhar as mudanças e flutuações nesse volume. 

Faça a primeira análise

Quais são os canais que mais geram oportunidades para seu negócio? Google Ads? Facebook Ads? E-mail marketing? Mapeie e tabele todos os caminhos de vendas e oportunidades da sua empresa no marketing digital e pondere onde vale a pena investir.

Se há um canal que não gera boas oportunidades ou não gera oportunidades suficientes, talvez seja questão de retirar investimentos dele e passar para outros espaços mais valiosos à sua empresa. 

Aplique melhorias

Quais mudanças podem ser feitas para otimizar seus resultados na geração de oportunidades? Seu investimento em mídia paga é muito baixo? Quer aplicar mais dinheiro nessa área e descobrir se as oportunidades serão geradas? Essa é a hora. 

Ou então você pode querer investir mais em um funil de vendas mais estruturado e em uma automação de e-mail marketing mais longa e completa. 

O importante é definir as melhorias e aplicá-las aos poucos. Faça uma por vez e acompanhe semanalmente para ver os impactos e resultados gerados. 

Crie um processo de melhoria contínua

Suas otimizações deram certo e sua empresa gerou mais oportunidades? É hora de mapear tudo que foi realizado e estabelecer um procedimento regular para refinar cada vez mais suas estratégias. 

Anote tudo que deu certo – e até mesmo o que deu errado – para sua equipe ficar ciente e se preparar para as novas rodadas de melhoria. 

Sobre o autor

Esse post foi escrito pela Voitto, uma empresa que vem cumprindo a missão de capacitar pessoas para um mercado competitivo, através de treinamentos digitais e presenciais nas áreas de melhoria contínua (Lean e Seis Sigma), Softwares de Gestão e Desenvolvimento de Lideranças, além de consultorias que contam com experiência e técnicas de gestão para gerar resultados aos clientes.

Quer se aprofundar em Marketing