fbpx

Entenda neste artigo como pequenas mudanças na sua estratégia de capturas de leads podem trazer grandes resultados para sua base através do marketing interativo.

Caso prefira, confira o vídeo sobre o tema:

Captura de leads tradicional

A captura de leads tradicional funciona através da criação de gatilhos que incentivem o usuário a converter em algum formulário e deixar os dados. 

Isso pode ser feito de algumas formas:

Pop-Ups

Pop-ups são uma das formas mais diretas de se pedir uma conversão. Até por isso, possuem baixas taxas de conversão, visto que normalmente interrompem a navegação no site e “incomodam” os usuários. Contudo, ainda são eficientes para exibir benefícios e redirecionar para páginas e materiais ricos.

Formulário de newsletter

Quem tem uma boa base de leads e um funil de vendas bem desenhado sabe que capturar usuários nas páginas de blog é uma excelente forma de gerar novos leads e qualificá-los a longo prazo com pouco ou nenhum esforço.

Formulários de newsletter normalmente ficam nas laterais das páginas e prometem algum valor, como “Assine nossa newsletter para saber como otimizar sua extração de carvão”. 

Landing Pages

Landing Pages são páginas voltadas normalmente para uma única ação: conversão. Exibem algum benefício e convidam o usuário a converter e deixar os dados. 

Normalmente, são feitas pensando em conversão direta para orçamentos e vendas ou para acesso gratuito de materiais ricos como e-books, checklists, webinars etc.

Material rico tradicional no marketing digital

Dando seguimento à captura de leads, no marketing digital, os materiais ricos podem assumir algumas formas. Acima, citamos por alto. Contudo, aqui iremos explicar melhor alguns deles. 

E-books

E-books são uma das formas mais tradicionais de se oferecer valor a um usuário e, em troca, pedir informações de contato e a conversão em lead. 

Contudo, com o passar do tempo e da difusão do marketing digital pelas empresas em diferentes segmentos, os e-books começaram a ser banalizados, oferecendo pouco ou nenhum valor e gerando desconfiança dos usuários.

Isso faz com que as taxas de conversão de e-books hoje não sejam tão altas quanto antes, ainda que funcionem perfeitamente bem em campanhas bem estruturadas e ofertem valor real para os leads.

Checklists

Checklists são formas tradicionais de se atrair leads através de um passo a passo documentado que só depende das ações do usuário. Contudo, devem ser desenvolvidos com cautela, já que atuam como um tutorial e, por isso, exigem precisão nas informações.

Infográficos

Infográficos são outra forma tradicional de se atrair leads, usando informações próprias de pesquisas ou conhecimento teórico-empírico da própria empresa.

Até por isso, são mais raros, já que produzir conhecimento novo na forma de gráficos, dados e informações relevantes pode levar tempo.

Webinars 

Webinars vêm se tornando uma forma comum de material rico, visto que vídeos são facilmente escaláveis, são a principal tendência em consumo atual e possuem elementos mais dinâmicos para apreciação enquanto conteúdo.

Contudo, também exigem preparo e uma boa execução para serem realmente valiosos. 

Captura de leads interativa e materiais ricos interativos

Por outro lado, existem estratégias atuais que focam na usabilidade do usuário com o material, priorizando a experiência tanto quanto o conteúdo. Isso, claro, afeta a forma como os materiais ricos são desenvolvidos. Abaixo, um breve resumo sobre o marketing interativo.

Captura de leads interativa

Numa captura interativa, o usuário interage mais com o material antes de converter. Isso pode ser feito através de diferentes mecanismos, não necessariamente se limitando a desenvolver aplicativos ou aplicações em software. 

Uma página que te pede para clicar em diferentes botões sobre seus principais problemas na extração de carvão e depois fornece um material personalizado com base nas respostas é uma captura interativa, mas existem exemplos distintos. 

Materiais ricos interativos

Materiais ricos interativos tiram o usuário da posição passiva de consumo do conteúdo. Isso é um ganho enorme de tempo para ambos os lados. 

Primeiro porque as empresas já não precisam mais pensar em modelos de materiais extremamente profundos e que exijam grande pesquisa como os e-books. E depois porque os usuários realmente tiram algo de valor através de uma ação prática. 

Quer um exemplo? 

O Reportei possui em seu site três modelos de captura de leads distintos e altamente interativos. 

Um deles é a Calculadora de Serviços. Basicamente, qualquer profissional pode acessar a calculadora e precificar seus serviços mediante uma conversão em lead. 

A calculadora de serviços é útil para o usuário porque ataca uma dor importante da Persona ideal do Reportei (profissionais de marketing que precisam gerar relatórios, já que o Reportei é uma plataforma de geração de relatórios) e foca em um aspecto normalmente ignorado do comportamento do consumidor – as ações prévias antes da necessidade do produto ou serviço.

Outra forma de capturar leads que o Reportei encontrou foi ao desenvolver um Gerador de Contratos Automático. Basicamente, o usuário insere as informações necessárias e o sistema fornece um contrato de serviços pronto para ser assinado. 

Novamente, o material rico é útil e interativo. Imagine se, para gerar leads, o Reportei dependesse exclusivamente de longos e detalhados manuais técnicos sobre produção de conteúdo para a internet. Quantos leads você acredita que seriam perdidos por conta do formato e do tema?

Por fim, o Reportei possui um Planejamento de Redes Sociais pronto que os profissionais de marketing só precisam baixar e colocar em prática, sem precisar se aprofundar muito na teoria da produção de conteúdo para a web. Esse material é interativo porque leva o usuário a uma ação. 

Essas são algumas das formas de se gerar materiais ricos interativos no marketing digital. Quer saber como gerar resultados e aumentar a sua base de leads com estratégias eficientes de marketing interativo? Fale com a nossa equipe!