(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Uma campanha de email marketing pode chegar a ter várias funções dentro da sua estratégia de marketing digital. O fato é, que o email é uma ótima maneira de se comunicar com o cliente, independente da razão detrás da comunicação. Vendas, disseminação de conteúdo, fidelização e lealdade… Tudo isso é potencial que o email marketing oferece. Mas existem certos erros, cometidos por muitas empresas, que prejudicam todo o desempenho da sua campanha – impedindo que você aproveite de todo esse potencial.

Há certas coisas que irritam qualquer pessoa no que se refere a email marketing. Mesmo que eu tenha me inscrito para receber o seus emails de maneira periódica, um pouco de atenção aos detalhes é absolutamente necessário. Sem atenção aos detalhes, os seus emails serão como tiros no escuro: você só vai acertar um em um milhão.

Se você não tiver cuidado, não só não vai ver muitos resultados pelos seu esforço, como também corre o risco de perder clientes – que vão ter uma imagem ruim da sua empresa graças à aqueles emails irritantes.

6 erros que você deve evitar para não irritar com o seu email marketing

01) Falta de atenção ao detalhes do contato

Sim. O email marketing te dá uma oportunidade ótima de usar a informação que tem na sua base de dados para personalizar a sua mensagem o máximo possível. A grande maioria das plataformas de email marketing como Mailify oferecem a possibilidade de usar campos de personalização, como o primeiro nome do contato no assunto ou na abertura da mensagem.

Um simples “Bom dia, Joanna” pode fazer a diferença. As pessoas gostam de pensar que há uma pessoa por detrás desse email, que escreveu aquela mensagem específicamente para elas. E de certa maneira, elas estão certas. Você deve levar a personalização a sério, e prestar atenção à segmentação da sua lista de contatos.

Ou aspecto no qual você pode mostrar que presta atenção no que o seu cliente faz é se certificar de que no caso de uma promoção ou oferta, você não envie emails com produtos que o seu contato já possui. Tenha a sua base de dados o mais organizada possível – você não vai se arrepender.

02) Não oferecer um conteúdo segmentado e trabalhado

Ter conteúdo de qualidade é vital na hora de ter boas campanhas de email marketing. Afinal, se o conteúdo não for legal, por que continuar recebendo as suas mensagens? E para que o seu conteúdo seja considerado de qualidade, ele deve ter duas características:

Ele tem que ser interessante. Não adianta enviar um email com a linha de assunto super urgente, para apenas dizer que um dos seus funcionários finalmente conseguiu finalizar o divórcio. Bom pra ele, mas o que isso tem a ver comigo? Seus contatos querem ver coisas que tenham impacto na sua vida, coisas que sejam informativas e educativas.

Ele também deve ser relevante. A relevância do conteúdo depende diretamente da sua habilidade de segmentar a sua base de dados, e separar o conteúdo que realmente vai ser relevante a aquele grupo particular dentro da sua lista de contatos Também: nunca minta sobre o assunto do email. Seja direto, sem dar a entender uma coisa e falando outra no conteúdo.

Isso ajuda na hora do seu destinatário decidir se abrir ou não o seu próximo email, porque ele já vai ter uma idéia do que seus emails vão apresentar. Eles vão esperar conteúdo relacionado com o seu setor, com a sua marca – não alguma coisa aleatória que será completamente inesperada.

03) Não ter inscrições voluntárias

Ninguém gosta de receber emails aleatórios na sua caixa de entrada. A pessoa automaticamente já fica com a suspeita de que talvez as suas intenções não sejam apenas comerciais, mas talvez mais sombrias (como o roubo de dados).

Outra questão é que não adianta forçar as pessoas a lerem o seu email. É sempre melhor ter na sua lista de contatos pessoas que querem ver o seu produto, pessoas que escolheram receber as suas mensagens e ler o seu conteúdo.

Ambos fatores de enviar mensagens para pessoas sem que elas tenham se inscrito na sua lista de contatos tem um impacto muito negativo nas suas campanhas de email marketing. Ambas comprometem a taxa de abertura, e aumentam a possibilidade da sua campanha acabar como spam. Sem mencionar, que enviar e mails para pessoas sem o seu consentimento aumenta a suas chances de cair em uma spam trap!

04) Não ter uma opção de cancelar a inscrição

Na verdade, este é o outro lado da moeda de inscrições voluntárias. Fora o fato de que em muitos países, dar a possibilidade da pessoa anular a sua inscrição é lei – é o mais lógico desde um ponto de vista empresarial.

Ao não ver nenhum botão ou link para cancelar a sua inscrição, qualquer pessoa pode marcar os seus e mails como spam apenas para não ter que lidar com o stress de procurar um lugar para fazer o cancelamento. Isso pode comprometer todas as suas futuras campanhas, fazendo com que elas acabem com o lixo eletrônico.

Isso sem nem mencionar que o não ter uma simples solução para a situação pode causar frustração e irritação. E isso é exatamente o contrário do que você quer que seus destinatários sintam com seu email marketing.

05) Ocultar ou não usar um remetente

De novo, vários países dizem que mentir sobre quem mandou o email é ilegal – porque dá a entender que as suas intenções não são legítimas. Mas fora isso, não ter um remetente claro automaticamente inspira desconfiança.

Com cada campanha de email marketing, você deveria buscar construir um pouco mais o seu relacionamento com o cliente. Você quer mostrar como o cliente é importante, seguir aumentando o nível de confiança que o cliente tem em você – a questão é que não há confiança sem transparência.

A questão de desconfiança é também crucial na hora de decidir ter um domínio próprio ou usar o domínio de provedores de email gratuitos. Usar emails como Yahoo ou Gmail pode atrapalhar a sua campanha, pois a grande maioria de spam vem de emails gratuitos. Afinal, ter a confiança do provedor de email é tão importante quanto a confiança do leitor!

Sem a confiança do provedor, o leitor não vai chegar a ler os seus e mails – fazendo com que a sua campanha de email marketing seja um fiasco. Por isso, vale a pena investir em alguma ferramenta de email marketing que te dê o opção de ter o seu próprio domínio nas suas campanhas de email marketing.

06) Não investir em um bom desenho

Ter uma newsletter ou qualquer tipo de email marketing bem desenhado é uma necessidade. Absolutamente ninguém gosta de uma newsletter feia, com longos bloques de texto, que nem de adapta para ser lida em um smartphone.

Essa é a sua oportunidade para impressionar! A boa notícia é que a maioria das ferramentas de email marketing online oferecem planilhas bem desenhadas, personalizáveis e 100% responsivas. O ser responsiva é crucial, porque mais da metade de todos os emails são lidos em telefones celulares.

Se não ficar legal no meu celular, eu nem me preocupo em ler o email antes de descartá-lo. O mesmo se pode dizer do equilíbrio entre texto e imagens – o desenho deve ser feito para guiar os meus olhos pelo email de uma maneira natural e visualmente atrativa.

Ainda outro aspecto da atenção com o cliente, é você encorajar que ele interaja com a sua marca. Dê a opção do seu contato te responder no próprio email, ou entrar em contato com você em alguma rede social, ou deixar resenhas e comentários no seu site. Isso causa uma aproximação entre o seu cliente e a sua marca, e isso é sempre bom para você!

E aí, pronto para ficar de olho e evitar qualquer um dos erros listados neste post?