(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Ontem tivemos em Juiz de Fora (MG), cidade sede da E-Dialog, um incêndio de grandes proporções que impactou toda a cidade. Nosso escritório é na mesma rua onde a situação começou e acompanhamos muita coisa de perto. Esse episódio chamou a minha atenção para a força das redes sociais em Juiz de Fora – e creio que esse caso serve para compreender a realidade de muitas cidades de dimensão similar.

Quando cheguei em casa, por volta das 21h, fui buscar informações sobre o acidente. Passei por todas as rádios e canais de TV mas não obtive nenhuma cobertura em tempo real – alguns flashs surgiram aqui e ali mas nada integral. Fui encontrar essa cobertura em tempo real no Facebook e no Twitter.

Alguns veículos de imprensa mantiveram seus Twitters e sites atualizados mas, mesmo assim, só fiquei satisfeito com a cobertura que vi sendo feita pelos meus amigos no Facebook e “seguidos” no Twitter. Perdi a conta de quantas imagens e vídeos “amadores” foram postados. As próprias notícias dadas em flashs em TV e rádio já eram repassadas instantaneamente por minhas conexões em redes sociais. Com o tempo, deixei o rádio, TV e sites de lado e fiquei ligado na timeline no Twitter e Facebook.

Imagino que muitos outros devem ter sentido isso também. Percebo que numa cidade que não tem tanta cobertura integral da mídia como algumas capitais, as redes sociais têm sido a saída.
Não à toa, hoje pela manhã, o principal jornal da cidade, Tribuna de Minas, deu grande destaque aos comentários feitos em redes sociais pela população de Juiz de Fora.

Fica a dica para os próprios veículos de mídia tradicional e a sugestão: por que não abrir uma Twitcam ou um canal no site com cobertura integral, com um repórter ao vivo? Se a TV ou o rádio não permitem isso, a Internet é livre.