(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Logo após ter ultrapassado o Orkut no Brasil em número de usuários com dados confirmados pelo Ibope, o Facebook resolveu inovar e lançar diversas atualizações. O problema, para a maioria dos usuários, foi inovar demais. Começou discretamente no final de agosto quando as opções de privacidade e de compartilhamento ficaram mais fáceis, ou seja, o usuário, ao postar algo, pode escolher com um simples clique quem poderá ver aquela informação.

Mas parece que Zuckerberg se empolgou e disparou novidades em setembro. A questão é que isto não anda agradando. Os comentários negativos estão rondando o Facebook esta semana, desde que a mudança mais drástica, na visualização dos perfis dos usuários, entrou no ar. Se a sua timeline está repleta de “don´t like”, não estranhe. Muitos estão confusos chegando a comparar a enxurrada de mudanças com o que aconteceu com o Orkut há pouco tempo e tanto irritou os internautas.

Resumidamente, só nas duas últimas semanas, o Facebook criou as listas de amigos, listas inteligentes, o sistema de assinaturas, as atualizações no Feed de notícias e já anunciou o lançamento do serviço de compartilhamento de mídia, plataforma que vai permitir que os seus 750 milhões de usuários compartilhem facilmente suas músicas, filmes e programas de TV favoritos em sua página de perfil.

Para facilitar, o Blog dos Jornalistas fez um post interessante com o resumo das principais mudanças. Veja aqui.

E você, o que está achando de tudo isso? Dizem que em time que está ganhando não se mexe, certo?