fbpx

Case Procopão

Como o Bar Procopão se reinventou com o Delivery na Pandemia

Procopão: culinária e tradição

Inaugurado em 1929, o Bar Procopão ostenta o título de CNPJ mais antigo de Juiz de Fora. São mais de 90 anos de atividades ininterruptas,  muita criatividade e inovação. Mas algo que permanece ao longo de toda a trajetória do Bar, é a tradição familiar, o ambiente acolhedor, e os pratos sempre pautados na culinária afetiva. Também conhecido pelos frequentadores como O Bar da Tentação, o Procopão traz em seu cardápio referências da tradicional culinária mineira com um toque de sofisticação. Todos os pratos têm uma essência única, resultado de inúmeras combinações, homenagens e experiências.

2020 e o desafio da pandemia

Após iniciar um trabalho de reforço da marca nas mídias sociais em 2018 em comemoração aos 90 anos do Bar, o Procopão encontrou no ano de 2020 aquele que provavelmente foi o maior desafio de toda a trajetória do Bar: a pandemia de Covid-19. Com a chegada do vírus no Brasil e com as medidas sanitárias de combate à doença, o Procopão se viu pela primeira vez na sua história, impossibilitado de fazer o que mais ama: abrir suas portas e receber as famílias em seu ambiente para proporcionar experiências inesquecíveis.

Hora de se reinventar: Mídias Sociais e conexão real com os clientes

Antes da pandemia, o Bar já trabalhava com entregas por Delivery, no entanto, este ainda não era um trabalho totalmente estruturado e a maioria das vendas vinham do consumo no local. Mas com o impacto da proibição no funcionamento de bares e restaurantes, o Procopão viu a necessidade de se reinventar mais uma vez, e contar com um delivery mais coordenado e assertivo. Além disso, outro desafio veio do fato de o Bar ter optado por manter toda a sua equipe de colaboradores, bem como os valores do cardápio.

Além de melhorar a estrutura do Delivery, outro ponto essencial neste desafio foi pensar: como manter a real conexão com os clientes em um momento em que não podemos estar próximos presencialmente? 

A solução veio das mídias sociais, onde os conteúdos foram todos pensados em trazer proximidade e diálogo verdadeiro com os frequentadores. Desde o início da pandemia, o foco das mídias sociais foi trazer informações relevantes para os consumidores sobre os cuidados com a higienização no preparo dos pratos, cuidados com o Delivery, e uso das principais ferramentas disponíveis no Instagram, como o Stories, Reels e IGTV para apresentar detalhes na preparação dos pratos, opções disponíveis no cardápio e conteúdo diferenciado.

Ao longo do ano de 2020, a criação de campanhas em datas comemorativas ajudou na estratégia de diferenciação. Um dos destaques foi a campanha para o Dia dos Namorados, que envolveu uma narrativa na criação dos “Combos Viagem Gastronômica”, pautada nos principais destinos escolhidos pelos casais para comemorar a data, em um momento em que a frase de ordem era #ficaemcasa. Desta ação, surgiram os combos Roma, Paris, Campos do Jordão, Ibitipoca, entre outros. Todos pautados na culinária afetiva, com ingredientes que lembravam a sensação da viagem para estes destinos. Além destes, foram feitas ações especiais também para o Dia das Mães, Dia dos Pais, Páscoa, Natal e Reveillon.

Ao longo de 2020, trabalhando as estratégias de conteúdo no Instagram e otimizando o funcionamento das entregas, os pedidos foram aumentando gradativamente. Até que veio a Páscoa, quando receberam uma demanda muito além do esperado e chegaram a demorar até 4 horas para fazer a entrega. Neste episódio, o primeiro passo foi usar as mídias sociais mais uma vez para explicar o ocorrido e pedir desculpas. A partir daí, o próximo passo foi rever mais uma vez a estrutura das entregas, e trabalhar com encomendas e divulgação antecipada nas mídias. Depois deste episódio e da reformulação, os pedidos via delivery  começaram a crescer exponencialmente.

Resultados reais

Antes da pandemia, o Procopão havia alcançado o número máximo de 50 entregas aos domingos, seu dia de maior movimento.

Com o início da pandemia e a proibição do consumo no local, nas sextas-feiras, o número máximo era de 40 entregas, aos sábados eram 55, e aos domingos 80. Ao fim de 2020, com as encomendas para a Ceia de Natal, eles alcançaram o recorde de vendas: 170 entregas, com o total de 260 pratos vendidos.

Atualmente, com seu último lançamento, o Buteco do Procopão, eles alcançaram 80 entregas na sexta, 150 entregas no sábado, e 120 entregas no domingo, sendo este apenas para almoço!

Vendas por Delivery 

Antes da Pandemia x Atualmente

sexta: aumento de 50%
sábado: aumento de 63%
domingo: aumento de 33%

 

Transformando 20% em 100%

Mesmo com um delivery ativo, antes da pandemia as entregas significavam 20% do faturamento. Com o fechamento do bar, a família Procopão precisou se reinventar e transformar os 20% do delivery no faturamento total. O desafio estava lançado: despertar a vontade dos clientes de consumir Procopão mesmo estando dentro de casa. O primeiro passo foi passar segurança para os colaboradores e clientes e respeitar a cultura do bar, em seguida era hora de se reinventar e conseguir chegar nas mesas e casas com o mesmo sabor.

Foi então que a proprietária Bárbara Alves esteve ainda mais ativa nas redes sociais, mostrando os pratos, a segurança e o processo desde a preparação até o momento da entrega.

“Eu aparecia no instagram, gravava os vídeos, mostrava os pratos. As meninas do caixa vendiam, os garçons que não tinham mesa para atender ficaram por conta do embalo, meu pai ficava por conta de organizar as entregas, e o pessoal da cozinha se dedicou para que o prato feito no Procopão chegasse da mesma forma nas casas dos clientes. A chave começou a virar quando fizemos pratos novos e começamos a vender em datas especiais: dia das mães, dia dos pais e dia dos namorados, e depois natal e réveillon pela primeira vez com ceias que precisavam ser apenas aquecidas quando servidas. E deu muito certo! Pratos novos sempre com ações promocionais e aos poucos conseguimos despertar a vontade dos nossos clientes em consumir Procopão”.

Foi com criatividade, sabor e muita presença digital , que antes mesmo da reabertura O bar conseguiu se manter e atingir com as entregas o número de vendas total anterior à pandemia. 

“A pandemia embora tão triste foi um momento para se reinventar. Antes tínhamos algo muito seguro, casa cheia, atendimento presencial. Esse período proporcionou que enxergássemos as coisas de outra forma e com outro sentido, e que hoje faz muito mais sentido para o nosso bar. Eu só tenho a agradecer ao pessoal da E-Dialog por serem companheiraços e estarem ao nosso lado, dando ideias, incentivando e fazendo com que tudo isso acontecesse”.

Bárbara Alves
Proprietária do Bar Procopão

Receba um diagnóstico gratuito

Uma análise Gratuita da E-Dialog para sua empresa, sobre site e redes sociais.