fbpx

Quem poderia imaginar um futuro no qual empresas pudessem usar as redes sociais para atendimento ao cliente?

Pois este dia já chegou há algum tempo e está cada vez mais real.

De acordo com estudo da E.life chamado Hábitos e Comportamento dos Usuários de Redes Sociais no Brasil, as redes são a terceira ferramenta mais procuradas por internautas para entrar em contato com prestadores de serviços e outras empresas.

A pesquisa revela que cerca de 39% dos clientes utilizaram alguma rede social para entrar em contato com uma empresa, enquanto os sites oficiais foram buscados por cerca de 31%. Os meios virtuais ainda estão longe do líder nesse quesito – o telefone – que foi usado por 72% dos atendimentos. E-mails aparecem em segundo – 51%.

Faixa etária revela mudança de comportamento

Jovens adultos são os que mais procuram as redes sociais para atendimento ao cliente, revelou o estudo. A faixa dos 20 aos 39 anos foi a que mais recorreu às mídias para solucionarem problemas (47,5% deles tentaram resolver impasses dessa forma). Em seguida, os jovens de até 19 anos – 25%.

A classe C é a que mais procura as redes sociais para atendimento ao cliente, enquanto classes D e E preferem o telefone. Os números, no entanto, são parecidos. Confira:

Percentual de usuários que resolvem problemas pelas redes sociais

Classe A: 45,8%

Classe B: 46,4%

Classe C: 47,1%

Razões

As redes sociais foram apontadas por usuários pela facilidade em se alcançar a empresa e por não conseguirem resolver o impasse através de outros canais (telefone, e-mails, etc).

Você também percebe essa mudança na sua empresa?

Leia mais no blog da E-Dialog:

O Twitter da Itaipava – o que há por trás das ações de marketing de uma empresa?

10 formas de otimizar o Facebook Ads da sua conta?

9 dicas para usar no LinkedIn