(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

A Social Jumpstart criou um infográfico que mostra como o mundo consome as mídias sociais. A partir dos dados, é possível ter uma visão global do consumo digital do Facebook, Twitter, YouTube, Pinterest, Google+ entre outros.

O material revela que mais da metade do mundo de 2,4 bilhões de usuários de internet entram em uma das mídias sociais regularmente. Em um dia típico, os usuários da internet consomem informação suficiente para encher 168 milhões DVDs. São enviados 294 milhões de emails e são publicados 2 milhões de posts em blogs.

Em 2012 , 50% de todos os usuários da internet possuíam uma conta em alguma mídia social.

Facebook

Entre as 127 redes sociais analisadas de 136 países, o Facebook está no pódio das mais populares. Mas há um país em que o Facebook é proibido: a China.

Entre as cidades, Bangkok, na Tailândia, é a que possui o maior número de usuários no Facebook, com 12.797.500 usuários. Em seguida, está Jakarta, na Indonésia, com 11.658.760. São Paulo aparece em terceira colocação com 8.791.700 usuários.

Youtube

Mais de 800 milhões de usuários visitam o Youtube por mês.

social media
Twitter

Entre os países que mais usam o Twitter, os Estados Unidos está em primeiro lugar com 107 milhões de contas. O Brasil está em segundo, com 33 milhões de contas.

Pinterest

Rompendo com as tendências do resto do mundo, o Reino Unido é o único país onde os homens superam as mulheres em Pinterest.

Google+

Entre os usuários do Google+, os Estados Unidos está em primeiro lugar com 31% do total, seguido pela Índia com 14% e pelo Brasil com 5%.

Linked In

O LinkedIn já se estabilizou nos Estados Unidos com 58,5 milhões de usuários. Aos poucos vem crescendo no Brasil. Atualmente possui 6,8 milhões de usuários brasileiros.

Instagram

Entre julho de 2011 e julho 2012, partes do mercado social do Instagram aumentaram 843% na Nova Zelândia e 362% na Austrália.

social media