fbpx

O Marketing de Influência é uma poderosa e simples estratégia. Em tempos em que a jornada de compra se encontra cada vez mais complexa, uma aproximação humana é um grande diferencial para vencer a concorrência. Nesse sentido, por meio de influenciadores digitais do seu segmento é possível conseguir uma comunicação mais próxima e assertiva do seu público-alvo.

Se você chegou até é porque deseja saber como transformar essa influência em vendas, certo? Até o final da leitura você terá uma estratégia traçada, confira a seguir dicas valiosas.

“Fui influenciada digitalmente”

Quem nunca leu essa frase no perfil de um amigo? O Marketing de Influência tem grande peso na decisão de compra dos usuários. De acordo com a pesquisa de 2019, “Influenciador Digitais”, da Qualibest, 73% dos usuários já adquiriu algo por indicação de algum digital influencer. Além disso, 68% dos respondentes da pesquisa seguem, pelo menos, um influenciador digital.

Um dado interessante para as marcas é que essa atitude de seguir as personalidades do online se dá, em 56% dos casos, justamente para acompanhar opiniões e recomendações de produtos e serviços.

Banner com dados referentes ao Marketing de Influência e influenciadores

E não é apenas isso, ainda de acordo com a pesquisa:

  • 63% dos usuários gostam que os influencers recomendem produtos;
  • 55% acha que essas recomendações são menos invasivas que anúncios na internet e televisão.;
  • 50% consuma pesquisar a opinião de influenciadores antes de adquirir um produto ou serviço.

Como gerar vendas com Marketing de Influência

Marketing de Influência: como gerar vendas com influenciadores?

Depois de ter dimensão da relevância do Marketing de Influência na decisão de compra dos usuários, você quer começar a investir nessa estratégia para ontem, não é mesmo? Então, veja agora como transformar a opinião dos Digital Influencers em receita para a sua marca:

1. Conexão

A utilização do Marketing de Influência tem como principal objetivo aproximar e conectar usuários a sua marca. Isso é muito claro porque usuários procuram pessoas reais para ouvir suas opiniões e dores, e de que forma tal produto solucionou o seu problema e proporcionou satisfação pessoal. Mas, o que isso significa para você quando for investir no Marketing de Influência?

Significa que é preciso encontrar o influenciador certo para conversar com o público. Ou seja, que aquela personalidade dialogue com o público-alvo dos seus produtos. Mas, além disso, é essencial que essa pessoa tenha fit com a sua marca, acredite nos seus valores, serviços e o que a sua solução se propõe a ser. Quem lembra do escândalo que foi o Roberto Carlos, vegetariano convicto, fazendo propaganda na TV da Friboi? O mesmo vale para o ambiente das redes sociais. Busque o influenciador que converse que o seu público e, sobretudo, que acredite no seu produto.

2. Crie oportunidades reais

Nada pior do que o influenciador anunciar “condições incríveis” e a pessoa se deparar com os mesmos preços já praticados. Se for fazer uma promoção, faça de verdade! O influenciador vai levar o usuário até você, mas outros fatores influenciam na decisão de compra, sobretudo os valores da mercadoria e do frete.

Leia também: Como vender pelas redes sociais: 7 estratégias de sucesso

3. Como é a sua conversa com os usuários?

Depois que o influenciador leva um usuário até você, como é a sua conversa com ele? É preciso aliar o Marketing de Influência ao Marketing de Conteúdo e a um sólido gerenciamento de redes sociais para ter sucesso nessa comunicação, cativar o usuário e converter essa relação em uma venda.

4. Consistência

Conexão e emoção não são conquistados em uma única ação. Trace um plano Marketing de Influência de longo prazo. Dessa forma, é possível mostrar a presença da sua marca no dia a dia daquele influenciador, transmitindo o valor da sua solução e verdade para os usuários.

Insights para o seu conteúdo por meio do Marketing de Influência

A pesquisa Qualibest reúne informações qualitativas e quantitativas importantes para a geração de conteúdo por meio do Marketing de Influência. Veja alguns insights:

  • YouTube e Instagram são as principais redes sociais utilizadas para acompanhar digital influencers.
  • Na opinião dos respondentes, no Instagram o feed e os stories são igualmente interessantes para consumo de conteúdo.
  • 41% dos usuários só liga o áudio se a imagem despertar curiosidade.

Gostou da dica? Semanalmente no blog da E-Dialog surgem novidades do universo do Marketing Digital, aproveite!

Letícia Fernandes, Produtora de Conteúdo na E-Dialog

Texto escrito por Letícia Fernandes, Analista de Marketing Digital na E-Dialog

Jornalista, apaixonada por viagens, livros, filmes de romance e cachorro-quente!