(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

O LinkedIn não é apenas um currículo online. É uma rede social que surgiu para conectar profissionais em todo o mundo. Atualmente conta com 500 milhões de usuários, destes, 45 milhões são brasileiros. Com tantas oportunidades de conexões e engajamento profissional, é preciso gerar conteúdo de valor, tanto nos perfis pessoais, quantos nas LinkedIn Pages para se destacar. Por isso, trazemos algumas dicas sobre como usar o LinkedIn para empresas.

O Brasil é o 3º maior mercado do LinkedIn

Conteúdo nas LinkedIn Pages

A página do seu negócio no LinkedIn não pode ter como objetivo primeiro fechar negócios e vender produtos. O LinkedIn é uma rede social para gerar valor agregado. Se o usuário estivesse interessado em efetivar uma compra naquele momento, iria procurar a sua empresa no Google. Ao criar uma página comercial no LinkedIn o seu foco deve ser o marketing de conteúdo. Ou seja, engajar o seu público, produzir conteúdo relevante para que ele se interesse não apenas pelos seus produtos e serviços, mas pelo valor gerado pela sua marca e a forma que ela se posiciona.

Se você gostou desse conteúdo, também pode querer ler: https://www.edialog.com.br/tutorial/como-anunciar-no-linkedin/

O que publicar?

Como já dito, o LinkedIn é o lugar de produzir conteúdo de qualidade relacionado a sua marca e que seja de interesse do seu público. E vale de tudo! Post de blog, vídeos, fotos, webinars e notícias relevantes que se relacionem com a sua área de atuação. É interessante pensar em conteúdos voltados exclusivamente para  a rede. Por ter um viés profissional, aqui a linguagem e abordagem deve ser diferente da utilizada no Instagram, por exemplo.

É importante ter em mente que os usuários estão no LinkedIn em busca de informações e novidades, e não para passar o tempo. Por isso, aqui as postagens devem ser mais longas e completas. Se você é um especialista em um nicho e vai passar uma dica de ouro no LinkedIn não pode produzir um conteúdo simplista de 500 palavras. Os textos mais longos ganham em cliques, tempo de permanência e compartilhamento. Vale destacar que o conteúdo deve ser detalhado, mas prático. Afinal, está lidando com profissionais capacitados que buscam o seu conteúdo para sanar alguma dúvida ou agregar conhecimentos!

E o que exatamente os usuários tem interesse em saber?
  • Sobre sucesso, iniciativas que deram certo e se destacam naquele nicho de atuação
  • Tendências do seu mercado, novidades, pesquisas, etc.
  • Histórias que sejam relevantes como aprendizado e compartilhamento de vivências do mercado.

Mas, como qualquer outra rede social, no LinkedIn há pessoas produzindo conteúdo o tempo todo. Para se destacar é preciso ter um bom título ou chamada que resuma para o usuário se aquele assunto é realmente o que ele procura. Pela mesma lógica, de emails, jornais e sites, o primeiro contato do usuário com o seu conteúdo é o título ou essa chamada. Por isso, essa primeira mensagem precisa ser significativa para a pessoa querer ler por completo. Algumas palavras podem ser interessantes de serem usadas para atrair os leitores. De acordo com a pesquisa do BuzzSumo de 2016 elas são:

  • Como
  • Você precisa
  • Por que você deveria
  • Pode aprender com
  • O futuro de

linkedin para empresa

Posicione-se

Além de criar conteúdo na rede, é preciso interagir com o que é produzido por suas conexões e ser ativo em todas as relações proporcionadas pelo LinkedIn. Não deixe as pessoas sem resposta. A rede social existe para proporcionar interação. Se você não responde as mensagens e comentários, deixa de ser relevante no meio e passa a ser esquecido.  

gif

Perfis pessoais dos sócios e da equipe  

Profissionais que almejam entrar para a sua equipe ou potenciais clientes podem estar interessados também no perfil dos seus atuais colaboradores. Por isso, incentive os profissionais da sua empresa a compartilhar seus conteúdos e outros materiais de referência do seu ramo no perfil pessoal.

É importante também que eles preencham corretamente os campos disponíveis na rede social. Dessa forma, imprime confiança na sua marca através da imagem de quem trabalha com você.

Grupos

O LinkedIn é a rede ideal para fazer o marketing B2B, já que é onde os empresários, CEOs e tomadores de decisão estão. Uma forma de fazer contato direto com essas pessoas e tornar a sua marca mais relevante no meio é integrar grupos da sua área de atuação e se engajar nas postagens. Aqui é importante lembrar o que foi dito no início do texto. Não use os grupos para vender seus produtos ou serviços e sim para gerar valor agregado à sua marca e se destacar como fonte de informações.

Um outro recurso possível e ainda  pouco explorado é criar um grupo para a empresa. Essa iniciativa é muito promissora para gerar uma boa base de leads. Visto que, a partir do grupo é possível mandar email para os integrantes e compartilhar links diversos com os integrantes. O segredo aqui é encontrar uma área do seu setor que ainda não tenha sido explorada para fazer o seu grupo ganhar relevância.

Com essas dicas você já pode criar sua LinkedIn Page e produzir conteúdos de destaque no LinkedIn. Não esqueça de fazer uma conexão com a E-Dialog!

Foto da autora

Texto escrito por Letícia Fernandes, Produtora de Conteúdo na E-Dialog

Estudante de Jornalismo da UFJF. É apaixonada por viagens, livros, filmes de romance e cachorro quente!