(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

O Marketing sempre precisou de muitos dados e conteúdos para analisar e planejar novas estratégias e com a internet esse campo se tornou ilimitado para novas buscas.  O Big Data veio para ficar e já é um método usado por muitos profissionais. Porém, com um grande número de dados é necessário escolher corretamente o que analisar para ter qualidade no resultado. Segundo a IBM, “(…) Big Data é mais do que apenas uma questão de tamanho: é uma oportunidade de descobrir insights em novos tipos de dados e conteúdos, para tornar o seu negócio mais ágil e responder a questões que antes eram consideradas fora do seu alcance. Até agora, não havia uma forma prática de colher essa oportunidade.”

Como usar o Big Data?

O seu potencial é quase infinito e essa é uma das melhores formas de estudar o comportamento do consumidor e descobrir qual a melhor forma de alocar a sua verba. Porém, o Big Data não é simples, requer investimento em conhecimentos e plataformas específicas.

Segundo o Datastorm, em alguns casos a análise do Big Data ajuda a descobrir coisas sobre os clientes que eles mesmo nunca disseram à empresa – como se estão grávidas. A Target usou os dados das compras de certos itens (como suplementos de zinco e sabão sem cheiro) como indicadores de que as compradoras estavam grávidas e ofereceu descontos especiais em certos itens.

Big-Data

O Big Data e o Marketing no dia a dia 

Para começar você não precisa entrar em um complexo sistema para tornar melhores decisões. Quem já faz um pouco de Marketing Digital sabe usar a metodologia do teste A/B onde se divide o tráfego de uma determinada página em duas versões (a atual e outra desafiante), para ver qual apresenta a melhor conversão. Porém, os testes não precisam ficar só no mundo digital. Use testes em outras coisas: preços, locais de divulgação, linguagem. Ou seja, foque uma meta e isole parte do seu público, seja por lojas físicas, grupos on-line e teste suas variáveis.

 Retargeting

É fundamental fazer o retargeting no big data. Alguns produtos são muito caros e/ou muito complexos e ninguém compra logo no primeiro clique. Colocando alguns cookies no computador do usuário, é possível conhecer melhor o visitante e descobrir sobre o que eles interessam e o que andam pesquisando. Dessa forma é possível sugerir coisas para o público dependendo das suas ações.

Esses tipos de ações são extremamente poderosas, mas muitas empresas ainda não a usam. Um dos motivos principais é que testes e experimentos requerem um longo prazo para atingirem certos resultados e isso pode ocasionar algumas perdas iniciais para um grande avanço no futuro. Em tempos de crise e  cenário econômico do país instável, muitos profissionais ficam com medo de abrir mão de alguns clientes ou lojas para testar alguma estratégia.  A dica que damos é: experimente, ouse e teste! 

Para ler outros textos do blog da E-Dialog:

-Você está preparado para o e-commerce?

-Estratégia de Marketing Digital para pequenas e médias empresas

-A importância da gestão em negócios de e-commerce