(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 5 (1 votos, média: 5,00 de 5, avaliações)
Loading...

Fundadores de empresas de todos os portes já entenderam a importância do marketing digital. É nítido nos tempos atuais o quanto as vendas dependem do posicionamento da sua marca na internet. Por isso, uma dúvida que cerca muitos empreendedores é: como colocar minha empresa no Google?

Isso porque é claro que todos querem que seus produtos e serviços apareçam no maior mecanismo de busca do mundo. Por isso, neste blog vamos mostrar como é possível ter um ótimo posicionamento no Google de forma orgânica. Isto é: sem ter que investir em anúncios.

Quem já criou um site para divulgar a empresa já entendeu que não basta fazer isso. Ou seja, a criação em si não gera tráfego e leads. A concorrência é imensa, e para prospectar clientes e divulgar a marca, é preciso se esforçar. Para isso, existem as técnicas recomendadas e, se você não conhece, leia com atenção e coloque em prática!

Leia também: Quanto custa anunciar no Google?

SEO – Conjunto de técnicas para tornar os sites mais amigáveis

SEO é a sigla para Search Engine Optimization (ferramenta para otimização de buscas, em tradução livre).  Segundo o site SEO Marketing, SEO é um conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar os sites mais amigáveis para os sites de busca. Isso é feito trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site, de forma que este fique melhor posicionado nos resultados orgânicos. E uma forma de melhorar o rankeamento do seu site é escrevendo posts de qualidade e seguindo algumas regras de SEO.

Se você escreve seus posts na plataforma WordPress, por exemplo, existe uma lista com vários critérios e, caso seu texto atenda a todos, ele fica melhor posicionado nos resultados do Google. Essas “regras” limitam um pouco o texto, mas exigem criatividade do autor para conseguir escrever o melhor post possível seguindo as diretrizes do SEO.

SEO na prática – O que a empresa pode melhorar

São incontáveis os fatores que fazem com que uma página apareça na melhor posição do Google. Apesar de o site não revelar seu algoritmo, conhecemos algumas práticas que contribuem para o rankeamento. Entre elas, podemos dividir duas categorias:

SEO on-page

Esta é a categoria na qual o Google leva em conta as questões que dizem respeito apenas a determinada página do seu site. Para deixar mais claro, são questões como título, palavra-chave, desenvolvimento dos parágrafos, desempenho, entre outras.

SEO off-page

Como o próprio nome já induz, esse segmento influi todas as outras variáveis analisadas pelo Google. Ao contrário das técnicas de SEO on-page, essa categoria não depende apenas do produtor de conteúdo. Mas sim, as postagens sobre a página nas redes sociais, as citações em outros sites e blogs, entre outras.

Imagem de mecanismo de buscas para ensinar a como colocar minha empresa no Google

Como colocar minha empresa no Google: estratégias de conteúdo

Neste blog, as dicas serão de SEO on-page. Com um conteúdo de qualidade, o site já estará com meio caminho andado. Então, guarde bem essas estratégias e prepare-se para praticar nos textos de blog. E, claro, se a sua empresa ainda não investe em blog, clique aqui e entenda a importância do blog no marketing digital.

Como qualquer outra habilidade, escrever exige treino. O talento escolhe algumas poucas pessoas e, geralmente, faz com que as outras não acreditem que possam escrever bem também. No entanto, não há segredo. A chave é ler e escrever bastante, fazer disso um hábito. Apesar de seguir algumas regrinhas diferentes, escrever na internet também exige prática.

1 – Palavras-chave nos títulos

Se você não sabe o que significa palavra-chave, vamos explicar agora. Ela consiste na principal tática para uma pesquisa. E, por mais que o termo induza ao contrário, não precisa ser formada por apenas uma palavra. Palavras-chave são a maneira como a pessoa escreve sua dúvida no Google, com o intuito de encontrar uma solução coerente. Um exemplo é: Como colocar minha empresa no Google?

As palavras-chave devem guiar o texto. Se seu texto trata de mídias sociais e essas duas palavras são escolhidas por você como sendo as palavras-chave, a orientação básica é que elas se repitam no título, no primeiro parágrafo do texto e em certa densidade ao longo dos parágrafos restantes. Cuidado! O SEO chama de palavras de parada as que possuem muitos conectivos. Então elas podem atrapalhar a colocação da sua empresa no Google.

2 – Palavras–chave no endereço da postagem

O SEO também privilegia artigos que têm as palavras-chave em sua URL. Essa é mais uma maneira de o algoritmo do Google certificar-se de que o seu conteúdo cumpre o que é prometido no título. Geralmente, o titulo contém mais palavras que as inseridas na palavra-chave. Por isso, caso queira evitar uma URL muito longa, retire os termos que apenas complementam a ideia principal.

Até agora está ok para entender? Então, para te empolgar a aprender ainda mais sobre como colocar sua empresa no Google, leia este case:

Impulso Hub: Em menos de 3 meses, gerou diversos pedidos de orçamento que resultaram em novos contratos

3 – Utilize links externos em seu texto

O texto com links para outras páginas é muito valorizado. De preferência, redirecione para seu próprio blog, o que aumenta o tempo de permanência do usuário nele (e isso é importante para o Google classificar seu conteúdo como bom ou não). Mas, não tem problema direcionar para vídeos no Youtube ou outros sites e blogs. O importante é apresentar ao navegante uma forma de continuar imerso naquele assunto.

É importante também direcionar o leitor a sites de confiança e com um conteúdo que tenha um bom SEO. Lembre-se de que, enquanto navega pelo seu site, o usuário está confiando nas informações prestadas pela sua empresa. Então, quando maior a relevância das indicações, maior será a relação da marca com o consumidor. E, claro, o algoritmo do Google recebe muito bem links externos de qualidade!

4 – Dê atenção para a meta-descrição do blog

A meta-descrição é uma espécie de apresentação do seu artigo. Nela, você precisa convencer o usuário que pesquisou pelo termo do seu site a ler o seu conteúdo. Em suma, é o resumo que aparece no Google quando alguém pesquisa determinada palavra-chave. Falando nela, é imprescindível que a meta-descrição a contenha.

5 – Cheque a ferramenta SEO

E você pode estar pensando: mas como vou saber se o texto está de acordo com os critérios do Google? Bom, é neste momento que você vai entender se o seu conteúdo está no caminho certo e, se não, o que pode melhorar.

O WordPress fornece informações sobre o desempenho do texto de acordo com técnicas de SEO. é hora de saber o que se seu texto está bem avaliado pelo SEO e como você pode melhorá-lo. A ferramenta analisa automaticamente, no momento em que você salva seu texto como rascunho no blog.

Então, não deixe de salvar como rascunho antes de publicar. A ferramenta possui alguns critérios em lista. Se ela estiver vermelha, seu texto não terá um posicionamento bom. Amarelo quer dizer que você cumpriu alguns requisitos mas ainda faltam alguns outros. E o verde, bem… fácil de adivinhar. Seu texto está satisfatório para o SEO e, provavelmente, terá boa visibilidade.

Continuar estudando sobre como colocar minha empresa no Google

Agora que você recebeu 5 dicas essenciais para que o texto seja bem avaliado pelo Google, é preciso continuar. Como mostrado neste blog, os critérios de SEO são bem complexos. Porém, com ensinamentos de qualidade e a prática, você perceberá o quanto conseguirá melhorar seu site.

Portanto, recomendamos a leitura dos textos abaixo: