(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Mais um 8 de março se passou. Ouvi gente dizendo que não é um dia para ser comemorado, porque ainda há muita coisa a ser conquistadas pelas mulheres. Ouvi também que é, sim, um dia para comemoração, porque a luta acontece todo dia. Concordando ou não, o avanço das reivindicações de direitos iguais é inegável, ainda que muito longe do que desejamos.

Para exemplificar, vou usar dois exemplos pop dessa situação. Em fevereiro, Patricia Arquette, tendo acabado de descobrir que era a ganhadora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por Boyhood, subiu ao palco do Dolby Theatre e fez o lugar ferver com um discurso pró salários iguais entre homens e mulheres nos Estados Unidos. O Oscar, prêmio conservador, momento máximo de uma indústria conservadora, até pouco tempo atrás jamais imaginaria ver algo assim. Prova de que as coisas estão mudando, ainda que lentamente.

mulheres

No mesmo mês, o eterno “mês do Carnaval” na nossa Pátria Amada Mãe Gentil, a Skol soltou uma incrível, espetacularmente infeliz publicidade do “esqueci o não em casa”. Uma sugestão de que as pessoas (leia-se mulheres, já que se tratava de uma propaganda de cerveja) deveriam aceitar qualquer proposta antes de ouvi-la. Não demorou pra que isso virasse crise e muita gente deve ter ficado com dor de cabeça por lá até que isso fosse corrigido. Erraram feio, erraram rude.

Dois exemplos de como as coisas estão mudando, mas que ainda tem muita gente, responsável por uma comunicação que atinge milhões, com a cabeça em 1850.

Obviamente, isso se refletiria na data símbolo da luta pelos direitos das mulheres: 8 de março.

Ainda que vários anúncios equivocados tenham saído por aí, o blog da E-Dialog selecionou algumas ideias muito bacanas que foram divulgadas na internet. Vídeos e posts que trataram o assunto com a seriedade que ele merece. Todos se beneficiaram da internet e das redes sociais para serem propagados. Confira:

– Ação em Londres faz com que o público apague as marcas de agressões em painel eletrônico.

Women’s Aid and Ocean Amplify the Violent Face of Abuse from Ocean Outdoor on Vimeo.

Leia mais aqui.

– Post da Avon no Facebook, utilizando um vídeo (plataforma do momento no Face) e fazendo com que o público interagisse com ele para ter contato com motivos bons e ruins que lembrassem a importância do 8 de março.

avon

Clique na imagem para ver.

Brincar de carrinho não é só coisa de menino e carro não é só coisa de homem. A divertida homenagem da Chevrolet:

O Exército da Salvação usou a polêmica do vestido branco/dourado/azul/preto no Twitter. Veja o resultado:

salvation army

Inspirações e fontes:

AdNews

Brasil Post

Leia mais no blog da E-Dialog:

– Empresa encontra a solução para comerciais no Youtube

Facebook promove mudança social e pode auxiliar na segmentação de posts

Estimativa do valor do Instagram é 33 vezes maior do que há três anos