(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Quantas mais plataformas de contato com o cliente a sua empresa tiver, melhor para a reputação, confiança e vendas assertivas. Quando as ferramentas são gratuitas e fáceis de utilizar, o uso das mesmas é ainda mais necessário. Esse é o caso do Google Meu Negócio. Você sabe do que se trata?

Esse é um recurso do Google que permite que empresas e organizações gerenciem suas presenças on-line no Google, que inclui a pesquisa do site e o Google Maps. Para que os clientes encontrem o seu negócio, seja procurando o nome do mesmo ou o ramo de atuação, esse mecanismo é muito importante. Aliás, vamos mostrar com detalhes a importância abaixo. Neste blog você aprenderá, ainda, os passos para cadastrar a sua empresa!

Foto de três pessoas no computador, após aprenderem como usar o Google Meu Negócio

Como funciona o Google Meu Negócio?

Criado em 2014, o Google Meu Negócio tem como principal objetivo fazer com que os potenciais clientes encontrem boas empresas para os serviços que deseja. Por isso, possui uma ficha cadastral bem completa para que os internautas se informem sobre o empreendimento.

Segundo o próprio Google, “as empresas validadas no Google têm o dobro da probabilidade de serem consideradas respeitáveis pelos utilizadores“. Sabemos que é difícil alguém não pesquisar na internet ao cogitar contratar um serviço ou comprar um produto. Tendo em vista essa necessidade, como você deseja que o seu negócio seja encontrado? Se é com os principais diferenciais, horários de funcionamento, fotos que valorizam e outros atributos positivos, saiba como fazer isso abaixo.

Faça um teste. Ao estar em localização perto da sua empresa, digite o ramo de atuação da mesma no Google. Por exemplo: bar, restaurante, padaria..

 

Então, o seu empreendimento apareceu nas pesquisas? Ou melhor, na primeira página? Isso porque sabemos que estar presente nas outras páginas desse site de busca é o mesmo que não existir, certo?

  • Se SIM, primeiramente, analise as informações da sua empresa. Depois, compare com as da concorrência. Ou seja, com os negócios do mesmo ramo que também apareceram nos resultados.
  • Se NÃO, você precisa urgentemente criar o Google Meu Negócio. Sua empresa pode ser a melhor no que oferece. Porém, sem ser encontrada pelos potenciais clientes, perderá inúmeras oportunidades de negócio.

Para ambos os casos, aprender a dominar todas as funcionalidades da ferramenta é o ideal. E, por isso, vamos ensinar os detalhes adiante neste blog.

Visual do Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é encontrado na pesquisa do Google e no Google Maps. Porém, a versão em ambos o caso é a reduzida, que mostra as principais informações, como:

  • Área de atuação
  • Endereço
  • Telefone
  • Média de avaliações
  • Site
  • Localização no mapa
  • Foto principal

Pesquisa do Google

Captura de tela que mostra como aparece, nas pesquisas do Google, o Google Meu Negócio da E-Dialog

Google Maps

Captura de tela do Google Meu Negócio da E-Dialog no Google Maps

Por que minha empresa deve estar no Google Meu Negócio?

Primeiramente, para ter destaque no maior site de buscas do mundo. Além disso, o melhor é poder fazer de forma gratuita. É claro que existem outras formas de se tornar relevante nas pesquisas. Um exemplo é o Google Ads. Porém, para tal você precisa ter um investimento considerável. Do contrário, os resultados não serão satisfatórios.

Então, entenda os três principais motivos pelos quais é importante utilizar o Google Meu Negócio:

1. Informações: gerencie e destaque os pontos positivos

Com o Google Meu Negócio, você mantém os dados corretos sobre a sua empresa para os clientes. Tais informações foram mostradas acima, tendo a E-Dialog como exemplo.

Além dos campos mostrados, podemos enumerar outros de destaque:

  • Categorias do empreendimento
  • Horário de funcionamento
  • Menu
  • Acessibilidade (recursos como estacionamento com acessibilidade, entrada com rampa, entre outros)
  • Destaques (características adicionais. Exemplo: música ao vivo, no caso de um bar)
  • Ofertas
  • Fotos
  • História
  • Data de abertura
  • Opções de pagamento
  • Planejamento
  • Opções de produto

 

2. SAC 2.0: Interação com os clientes

Outra função muito bacana do Google Meu Negócio é a avaliação. Com ela, os clientes podem dar de uma a cinco estrelas, e comentar o motivo. Com isso, você tem a oportunidade de interagir com os usuários.

Fique de olho nos comentários, responda e, se necessário, pense em mudanças para algo que está sendo criticado. Os internautas podem também fazer perguntas sobre o seu negócio. Nesse caso, a agilidade para sanar a dúvida é fundamental!

Logo, um dado interessante, divulgado pelo Google, é que:

Empresas que adicionam fotos às fichas recebem 42% mais solicitações de rotas de carro no Google Maps e 35% mais cliques para acessar seus websites do que as demais empresas.


3. Presença virtual: ampliação e análise

O Google Meu Negócio fornece dados sobre como os internautas pesquisaram sua empresa e de onde eles são. Ou seja, muito relevante para suas estratégias de marketing e vendas.

Além disso, você tem acesso à quantidade de pessoas que ligaram diretamente para sua empresa. Isso, claro com o número de telefone exibido nos resultados de pesquisa local na Rede de Pesquisa e no Google Maps.

Monitore o Google Meu Negócio por seu dispositivo móvel

A facilidade de acompanhar essa ferramenta por meio de dispositivos móveis é enorme. Por isso, o Google Meu Negócio possui um aplicativo gratuito:

 

Qual tipo de empresa pode estar no Google Meu Negócio?

Antes de aprender a entrar na ferramenta, é preciso entender se o Google Meu Negócio é para a sua empresa. Lembrando que os resultados alcançados com tal recurso são personalizados para determinadas áreas geográficas e ajudam os usuários a encontrar empresas nas proximidades. Confira os dois casos abaixo:

Loja física ou empresa de serviços: a plataforma é ideal para esses casos

Sim, o seu empreendimento se encaixa perfeitamente no perfil do Google Meu Negócio. Por isso, essa pode ser uma excelente estratégia de Inbound Marketing para você.

Ora, essa plataforma é direcionada para empresas que têm contato direto com os clientes durante um horário específico. Ele não serve exclusivamente para empresas on-line, aluguel ou venda de imóveis e empresas que ainda não abriram.

Outra informação muito bacana para empreendimentos locais: no caso de empresas maiores, o Google Meu Negócio também oferece uma ferramenta para gerenciar várias localizações.

Empresa online: Não é o caso do Google Meu Negócio, mas pode utilizar outro recurso do site

Os critérios do Google Meu Negócio não englobam as empresas que funcionam apenas pela internet. Isso porque é necessário que o negócio tenha um contato direto com os consumidores.

Porém, se a sua empresa está nesse segmento, ainda tem uma boa alternativa. Isto é: o AdWords Express é uma ótima maneira de alcançar potenciais clientes.

Você também vai gostar de saber:

Como cadastrar minha empresa no Google Meu Negócio?

  1. Ao acessar a página inicial do Google Meu Negócio, clique em “COMECE AGORA
  2. Preencha o nome da empresa. Mas, antes, leia os Termos de Serviço e a Política de Privacidade. Os links estarão logo abaixo do campo que você deve preencher!
    Campo para inserir o nme da empresa no Google Meu Negócio
  3. Preencha os campos de localização. Nesta página, estarão as informações de país, endereço, bairro, cidade, estado e CEP.
    Campo de local para cadastrar a empresa no Google Meu Negócio
  4. Selecione se a sua empresa foi a encontrada pelo Google. Isso porque seu negócio pode ter uma ficha no Google para o endereço.

    Caso positivo, selecione o campo em que estará a sua empresa.

    Caso negativo, clique em “nenhuma correspondência encontrada para essa opção”
  5. Informe a área de cobertura da empresa. Ou seja, os locais que podem ser atendidos pelos seus serviços.Captura de tela do cadastro no Google Meu Negócio, no campo de área de cobertura
  6. Escolha a categoria que melhor corresponde à sua empresaCampo de escolha de categoria da empresa no Google Meu Negócio
  7. Insira as informações de contato. Neste caso, todas as que você deseja que o cliente tenha acesso. Além disso, caso você não tenha um site, pode criar um. Ou seja, esse recurso pode ajudar a sua empresa a ter mais uma plataforma de atendimento ao cliente!Campo de escolha de formas de contato da empresa no Google Meu Negócio
  8. Escolha se você quer receber ou não sugestões do Google. Caso opte pelo sim, terá, em seu e-mail, dicas e alertas sobre o desempenho da empresa na plataforma. Por isso, recomendamos que opte por receber!

    Campo de ficar por dentro de novidades no Google Meu Negócio

  9. Conclua o cadastro!Campo de finalizar Google Meu Negócio
  10. Agora é o momento da VERIFICAÇÃO. Após clicar em concluir, você precisará informar um código para começar a usar o Google Meu Negócio. Esse código pode ser enviado por correspondência (no endereço informado), ligação telefônica ou e-mail (com a conta cadastrada).

Após a conclusão desse passo a passo, você poderá usar o Google Meu Negócio para a sua empresa! A plataforma também oferece um “tour” para apresentar todas as funcionalidades. Além disso, é um recurso muito intuitivo. Por isso, você não terá dificuldades para utilizar.

Com certeza, sua empresa terá muitos ganhos com essa ferramenta. E ainda, se surgir alguma dúvida no cadastro ou mesmo na utilização do Google Meu Negócio, é só comentar neste blog, e estaremos dispostos a solucionar!