(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

 


Esta semana, mais um aplicativo encheu o feed de notícias de todos os usuários no Facebook. Faça o primeiro comentário quem não viu nenhum amigo tentar descobrir o que estava acontecendo no Brasil no dia em que ele nasceu. O aplicativo lançado pela Folha de S. Paulo (“A Folha no dia do seu niver”) teve milhares de acessos em bem pouco tempo e isso só confirma a força que os aplicativos podem ter para a divulgação de uma marca.

São vários os argumentos para o sucesso do Facebook, mas sem dúvida os aplicativos são um ponto forte. Por alguns motivos simples. Os usuários buscam, além de informação rápida e dinâmica, o entretenimento nas redes sociais. E se este entretenimento chega de uma forma leve e com capacidade de ser compartilhado, melhor ainda.

Quando dizemos capacidade de ser compartilhado, chegamos ao conceito de Shareability, que resume o que queremos dizer. O aplicativo deve trazer, além do entretenimento puro e simples, uma informação que seja compartilhável, ou seja, que tenha potencial de ser aceita entre indivíduos com interesses completamente diferentes, sem perda de fidelidade.

Conseguem ver como o aplicativo lançado pela Folha se encaixa perfeitamente neste conceito? Em comemoração aos seus 90 anos, o jornal digitalizou 1,8 milhão de páginas e achou uma excelente forma para divulgar o conteúdo e, como consequência, sua marca na rede.

A possibilidade de integração dos aplicativos com outras redes sociais, como o twitter, ainda aumenta a disseminação do seu conceito e também pode ser um dos motivos do sucesso do Facebook. Afinal, o usuário está em busca da integração: quanto mais conteúdo ele conseguir absorver em menos tempo, melhor. E se puder mostrar para seus amigos sem grande esforço então…  Não é difícil se ouvir por aí “Poxa, ia ser tão legar se o Gmail tivesse um botão de Curtir…”
Você também pode!


Você não precisa ser um programador para ter um aplicativo. Os mais populares, como listas de frases e o quiz, permitem que qualquer usuário faça o seu e divulgue para o seus contatos. Fique atento: se ele seguir bem os conceitos de Shareability e integração, rapidamente ele estará dominando sua rede de contatos e a rede de seus amigos.
Para as empresas, este já é o primeiro passo. Com os resultados, é possível pensar em aplicativos mais elaborados, como o que foi desenvolvido pela Folha. Outro exemplo é o que a Lacta desenvolveu. Um excelente caso de sucesso. Confira o vídeo. Está em ingês, mas é possível compreender a idéia e seus resultados.