(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

Cerca de 22% das páginas da web contêm URLs que apontam para o Facebook. Isso é mais de um quinto de todas as páginas do mundo – isso significa que 1,3 bilhões, 242 milhões referenciam a invenção de Mark Zuckerberg.

Essa análise foi realizada pelo pesquisador Matthew Berk, que usou dados recolhidos pelo Common Crawl, um tipo de ferramenta de rastreamento do Google.

De acordo com esses dados, Berk diz que “a web virou de cabeça para baixo”, ou seja, está surgindo uma nova estrutura na Worl Wide Web, baseada em conexões sociais. Essa nova composição em que tudo é direcionado para o Facebook “acabará por remodelar a web em algo completamente diferente”, relata Berk.

Um dos apontamentos da pesquisa revela que o botão curtir é o mais acessado entre as URLs do Facebook, representando quase 16% do total.

Outro dado interessante aponta que 7,5% dos sites analisados ??usam tags open graph do Facebook em suas páginas, como compartilhamentos de apps de música, livros e jogos (Veja o gráfico abaixo). “Este é um nível mais profundo de integração”, observa Berk – que ajudará a tornar o Facebook mais indexável e visível para a web aberta.

O pesquisador concluiu ainda que “as pessoas e organizações não irão mais interagir por sites, mas sim em grandes plataformas como o Facebook e Twitter. E cada vez mais, os sites estão inseridos nessa trama, seja pela simples inclusão de botões Like ou +1 [Google Plus], ou por meio de conexões sociais mais complexas”.

Fontes: Mashable