(11) 2391-2275 - (21) 2391-7727 - (31) 2595-0730 - (32) 3026-2640 - Whatsapp: (11) 97352-2675 digital@edialog.com.br
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie)
Loading...

O crescimento das redes sociais como meio de comunicação, trouxe à tona uma nova realidade. Hoje, não basta apenas estar preparado para lidar com a mídia (Media Training), é essencial entender a dinâmica e o poder da nova mídia. Então, surge o Social Media Training. Você sabe o que é isso?

No Brasil, nos últimos anos, emergiram casos de “trapalhadas” virtuais. Teve artista de renome que excluiu o perfil por ter recebido um número imenso de respostas negativas, jogador de futebol que deu vexame, gerente de empresa que falou o que não deveria e por aí vai. O fato é que, sendo o seu perfil “famoso” nas redes sociais (muitos seguidores ou amigos), ou sendo um perfil conhecido apenas por amigos, você já está exposto.

Os casos citados acima são exemplos perfeitos disso. No primeiro, por ter um número imenso de conexões, houve uma rápida propagação. No segundo, por se tratar de um gerente de uma marca conhecida, também houve divulgação, inclusive em mídia tradicional (jornal impresso, TV, etc).

Mas qual foi a razão de fatos como esses acontecerem? Simples: falta de conhecimento do poder da mídia social.

Dizer algo a um repórter implica em entender a função do intermediário e a mensagem que se quer passar ao público. Quando não há o intermediário, o que acontece na mídia social, deve-se ter cuidado redobrado. Não há filtro, não há um contexto evidente (como no caso de uma reportagem), há pura e direta exposição. Por outro lado, é mais fácil segurar o ímpeto de dizer algo inapropriado, uma vez que não há a figura da imprensa, que pode pressionar ou induzir.

No cotidiano, há a separação do ambiente profissional e do pessoal. Entretanto, quando um gerente da marca X está em um grupo um pouco maior (que contenha pessoas as quais ele desconhece), o ideal é prezar por algumas regras de “etiqueta” empresarial. Não cabe a ele criticar a marca Y ou reclamar de alguma situação que acontece dentro da empresa X – isso se transformaria em boato e poderia atingi-lo.

Nas redes sociais, isso é ampliado. Há uma falsa ilusão, geralmente, de que se está em um meio amigável, em um grupo limitado. Assim como em qualquer ambiente, existem aquelas pessoas que querem se beneficiar de um deslize alheio. Mesmo que seu perfil seja bloqueado, você corre riscos.

Não há restrições quanto a quem visualiza a tela de um computador. Imagine um comentário negativo de uma pessoa sobre seu chefe. Essa pessoa havia bloqueado não-amigos e o chefe. O colega de trabalho lê o comentário numa rede como o Twitter e deixa a tela do computador ligada. O chefe olha a tela e…pronto, surgiu o problema!

É fácil criar um perfil e sair comentando. O difícil é saber a hora e a maneira correta de se expressar. Quanto mais conhecida uma empresa, pessoa ou instituição, maior o cuidado em mídia social.

Social Media Training entra como uma forma de, acima de tudo, educação para as redes sociais. O treinamento reúne uma série de boas práticas de comunicação e orienta sobre as melhores decisões a serem tomadas.

Entretanto, é importante lembrar que tudo isso é permeado pelo bom senso.