fbpx

A sexta-feira mais promocional do ano está chegando! Dia 29 de novembro teremos mais uma edição da Black Friday. A ocasião é cheia de oportunidades para o setor varejista e, a cada edição, tem mobilizado ainda mais os outros segmentos que passaram a aderir ao grande dia.

A expectativa para 2019 é que o evento movimente (e muito!) a economia brasileira que não anda lá muito bem. As previsões são de mais de R$ 3,15 bilhões gastos em compras no dia. Esse valor representa um crescimento de 21% em relação ao anos passado. Os dados são da LeadMedia, grupo idealizador do evento no país.

Grandes players do mercado já se preparam para a data com muitos meses de antecedência. Mas, se você pretende fazer parte da ação e ainda não fechou suas estratégias para Black Friday 2019, nós temos algumas dicas úteis para quem quer se destacar no meio digital.

Planeje sua Black Friday 2019

Definir sua estratégia de descontos é etapa crucial antes de iniciar a divulgação. A novidade para a edição deste ano é a intenção de compras do público brasileiros. De acordo com a pesquisa realizada pela Google e Provokers, a intenção de comprar em meio online caiu de 52% para 38%, em comparação com o ano passado. Enquanto isso, aqueles que pretendem comprar apenas em lojas físicas passou de 41% para 37%. No entanto, muitos consumidores irão mesclar as compras nesses dois meios (25% dos respondentes da pesquisa).

Black Friday 2019

Entenda que a data é marcada por descontos mais agressivos do que os praticados em liquidações comuns. Evite frustrar seu consumidor com uma ação promocional que não seja compatível com o espírito da data. A cada ano que passa o público se informa mais e sabe quando o desconto é realmente verdadeiro e impactante.

Motivação de compra

As compras da Black Friday podem ser motivadas tanto pelas festividades de final de ano, como o Natal, apesar de essa não ser a principal motivação de compra do público. Como é possível ver no gráfico abaixo da pesquisa do Google, o público que compra na Black Friday tem como foco aproveitar as promoções e investir naquilo que já estavam precisando ou estavam de olho (33%). Por exemplo, este ano, um dos principais produtos que será vendido são os smartphones. 

Além de se preocupar com um planejamento dos itens em desconto, a logística, o atendimento e toda a experiência do consumidor devem ser levadas em conta com bastante atenção para encantar e fidelizar esses novos clientes. Dessa forma, manter canais de relacionamento com esse público é primordial. Manter ativos Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outros, são ótimas opções para atendimento online, pois garantem agilidade no processo.

estrategias para black friday 2017

Calendário promocional – promoção só no dia ou toda a semana?

Muitas lojas estão lançando suas campanhas de Natal e nessa temporada também precisam abrir o planejamento para a Black Friday. Por isso, algumas marcas optam por antecipar um pouco a Black Friday – é comum encontrar loja realizando a Black Week, com descontos a semana toda.

É fato que cada vez mais a cultura da Black Friday no Brasil está se enraizando e isso reflete no hábito dos consumidores que costumam comprar também um pouco antes da data oficial, ou dias depois. Além disso, na pesquisa da Google, foi revelado que o público já começa a pesquisar os produtos de interesse cerca de 15 dias antes da tão aguardada sexta.

compra black friday 2017

Canais de comunicação

Ao fechar o plano pensando no calendário é possível entender como será feita a distribuição da verba em cada canal de comunicação. Na pesquisa, 35% dos entrevistados entraram nas lojas para verificarem as promoções. O comunicado promocional via e-mail aparece em segundo lugar, com 26%, seguido por pesquisa em buscadores, como o Google (24%).

Ter um trabalho de Google Adwords para a data é essencial para todo ecommerce. As redes sociais apareceram em 5º lugar, indicando que pessoas ficaram sabendo por meio de Facebook, Instagram, entre outros.

público black friday 2017

6 dicas de estratégias para Black Friday 2019

Criatividade e força no discurso de vendas são pontos chaves para se destacar. Lembre-se grande parte das lojas vão estar com essa política agressiva de descontos – e isso inclui seus concorrentes.

1) Comece com um esquenta online

Essa dica é válida tanto para os que desejam incrementar as vendas presencialmente ou no meio online. Usar as redes sociais par lembrar o público da data e falar sobre descontos exclusivos na ocasião cria um reconhecimento de marca antes mesmo da data. Dessa forma, o público se lembrará no dia que o seu negócio está com condições especiais. 

2) Converse com os seus leads

Além disso, uma estratégia interessante para captar contatos é criar ofertas para que o público se inscreva e fique sabendo primeiro dos descontos oferecidos por você. Essa estratégia serve para a Black Friday. Mas, também pode ser usada posteriormente, para manter o relacionamento com essa base, por meio de e-mails.

3) Lembre-se do seu consumidor 

Desenvolva uma estratégia segmentada para aqueles que já compraram com você. Faça uma nutrição desse relacionamento com informações e descontos ainda mais exclusivos, lembre-o da sua marca por email, envie brindes com a compra, etc. Um cliente que já conhece o seu produto está muito mais propenso a comprar com você. 

Já para conquistar novos clientes, a dica é investir na divulgação daquele seu produto que é o carro-chefe da empresa, com descontos agressivos e anúncios segmentados nas redes sociais.

4) Anúncios

Juntamente com o planejamento dos produtos em desconto, calendário e outros aspectos do seu negócio, é importante destinar uma verba especial para aumentar o impacto de sua marca. Anúncios para Google, Facebook e Instagram estão entre os que podem gerar melhores resultados.

Não se esqueça de rastrear tudo para no relatório posterior ser conferido o quanto cada canal gerou de receita e aproveitar os insights para tirar estratégias também para as vendas de Natal.

Leia também: Como anunciar no Google

5) Trabalhe o O2O

Como os dados indicados no início do texto, a tendência para este ano é a presença mais forte dos clientes em lojas físicas. Então, para atraí-los uma dica é trabalhar no online para atraí-los para o offline. A principal forma de fazer isso é com a segmentação baseada tanto no seu público-alvo e, principalmente, na localização. Afinal, para o consumidor ir a sua loja física, esta precisa estar no seu entorno. Assim você despende verba para atingir potenciais clientes que realmente tem a possibilidade de ir até o seu negócio. A exemplo dessa estratégia pode-se usar a campanha local e catálogo de Ads. Dessa forma, você direciona o tráfego destacando produtos, preços e informações da loja física. 

Você também pode querer ler: 3 dicas de como vender mais pela internet. 

6) Relacionamento: conquiste a confiança do cliente

Se o usuário se encantou com a sua promoção, mas não conhece sua marca, provavelmente ele vai pesquisar antes a reputação da empresa. Cheque sites de reclamação e trace uma estratégia na rede social para atendimento dessas questões. Mas lembre-se, um trabalho consistente de mais tempo contribui para aumentar a confiança do comprador na sua marca. Ou seja, invista nesse tipo de SAC o ano todo. 

É importante também se atentar para clientes em diversos estágios de compra, ou diversas motivações (veja no quadro abaixo) e pensar em conteúdos que possam impactar diferentes públicos. Prepare toda a sua equipe pensando nos 5 tipos de atitudes dos clientes (Apaixonados, Empolgados, Participativos, Inseguros e Descrentes).

Quais argumentos você vai trabalhar para quebrar a objeção de compra? Como tirar a insegurança da compra? Como ativar a compra por impulso através de um desconto tão impactante? Não basta só o preço muitas vezes o diferencial convence também. Mas claro, sempre muito importante para liderar suas estratégias para Black Friday 2019 é ser fiel ao espírito de descontos fortes da Black Friday. Boas vendas! 

estrategias para black friday 2017

Bônus: 7 – Crie uma capa especial para o seu YouTube

Você pode usar uma ferramenta como o Adobe Spark para criar capas especiais e banners promocionais para o YouTube. Basta acessar e fazer uma capa gratuitamente.

Gostou do artigo? Leia mais sobre gerenciamento de redes sociaisconsultoria Google AdsInbound Marketing e outros assuntos de marketing digital no blog da E-Dialog.

Texto originalmente escrito por Gihana Fava e editado por Letícia Fernandes